Startup do Sul cria máquina que desinfeta objetos em 20 segundos

EVLU integra o polo tecnológico da Feevale em Campo Bom
Os produtos são desinfetados contra a Covid via raios de luz UVC

A startup EVLU lançou uma máquina que em apenas 20 segundos desinfeta objetos, ajudando no combate à disseminação da Covid-19. O equipamento possui dois formatos: a Box Z, que é uma máquina com um design de uma pequena geladeira onde o procedimento de higienização é feito com a porta fechada; já a Box X, em forma de esteira, onde os produtos também são desinfetados contra a Covid via raios de luz UVC. A starturp está localizada no polo tecnológico da Feevale (Techpark) em Campo Bom (RS).

O engenheiro de produção e CEO da EVLU, Douglas Santana, explica que a ideia é contribuir com mais uma solução para ajudar no combate à pandemia. "Todos os objetos que transportamos hoje no nosso dia a dia são portadores de bactérias, fungos e vírus. E precisamos ser cada vez menos transmissores de qualquer tipo de contágio", comenta.

A empresa também foi pioneira na elaboração de uma máscara maleável de silicone transparente lavável, produzida com nanotecnologia antiviral, e composta por pequenos filtros que são substituíveis, tornando a máscara reutilizável. E, além disso, um dos maiores benefícios desse produto ao público foi a possibilidade de visualizar novamente as expressões faciais das pessoas. A EVLU MASK, inclusive, ganhou um público cativo do universo da linguagem de sinais, pois as expressões faciais são importantes para este tipo de comunicação.

Já as máquinas da startup, inclusive, vêm sendo utilizadas em feiras e eventos presenciais que estão retomando aos poucos. Recentemente a EVLU integrou o evento Gramado Summit, onde disponibilizou máquinas para a higienização de objetos dos visitantes e participantes do evento. Santana comenta que o produto desenvolvido pela EVLU é indicado justamente para locais de grande fluxo de pessoas, como bancos, hospitais, supermercados, fábricas, farmácias, escolas, feiras e até bares e festas. O Hospital Centenário, em São Leopoldo, inclusive, será um dos pioneiros no âmbito da saúde a introduzir o sistema de higienização no restaurante dos visitantes no complexo hospitalar.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 21 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/