Sidebar Menu

Plataformas oferecem assinatura eletrônica e videoconferência gratuitas

Iniciativas surgem em meio à crise do coronavírus no país. Startup curitibana facilita preenchimento de documentos

Com o aumento do número de infectados pelo Covid-19 no Brasil, o Ministério da Saúde, recentemente, advertiu que viagens de trabalho sejam canceladas e que as empresas avaliem a possibilidade dos funcionários trabalharem remotamente, em casa. A medida evita a proliferação do vírus por meio do contato humano. É diante desse cenário que muitas empresas de software têm sido cada vez mais procuradas pelos profissionais. São ferramentas destinadas a diversas atividades, como comunicação entre as equipes, videochamadas e uma expressiva procura por plataformas de assinatura digital.

Pensando no impacto positivo que este tipo de ferramenta traria ao mercado brasileiro, uma startup curitibana lançou o assinaturagratis.com, uma plataforma gratuita para assinar contratos e documentos eletronicamente. Ela elimina o contato físico, impressão de papéis e idas ao cartório. Todo o processo se resolve por meio da internet. Assim, é possível assinar de qualquer lugar todo tipo de documento, de maneira gratuita e ilimitada. A assinatura eletrônica tem validade jurídica e é amparada pela MP 2.200/2001 que, entre outras coisas, diz respeito à garantia da autenticidade, integridade e validade jurídica dos documentos eletrônicos.

Outra plataforma que tem sido muito procurada no atual momento é o Slack, que proporciona um ambiente online de comunicação entre equipes e está no ranking de ferramentas mais buscadas na internet nos últimos dias. Por meio dele, é possível criar canais e grupos específicos para cada equipe ou setor, substituindo o e-mail em várias situações. O Hangouts, ferramenta do Google para vídeo conferências, que facilita reuniões à distância entre empresas, colaboradores, clientes e parceiros. Com o aumento pelo serviço, o Google liberou gratuitamente o Hangouts Meet, que era um recurso exclusivo para clientes das versões pagas do Enterprise e Enterprise for Education. Por meio do app, é possível conversar com até 250 pessoas e realizar transmissões ao vivo para mais de 100 mil espectadores.

*Com reportagem de Eduarda Pereira

Veja mais notícias sobre TecnologiaParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 17 Junho 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection