Pagamentos via Pix cresceram 738% nas compras de final de ano

Modalidade superou o débito e registrou alta de 247% no último dia de 2023
Os pagamentos em Pix foram responsáveis por um aumento de 247% no faturamento do varejo físico no dia 31 de dezembro

Nas últimas semanas de 2023, as vendas no varejo tiveram um aumento de 738% nas transações via Pix, em comparação ao mesmo período de 2022. Já no volume do total transacionado o crescimento foi de 852%. Os dados são do Giro Varejo, relatório que analisa a movimentação do comércio durante as principais datas comemorativas do ano - elaborado pela Linx, empresa do grupo StoneCo e especialista em tecnologia para o varejo, em parceria com o Instituto Propague.

Superando a variação do crescimento do débito, os pagamentos em Pix foram responsáveis por um aumento de 247% no faturamento do varejo físico durante o dia 31 de dezembro. No dia 29, ocorreu o maior faturamento em valor transacionado entre as três principais modalidades de pagamento: crédito, débito e Pix.

"Mesmo com a permanência do crédito como principal escolha na hora das compras, o brasileiro vem modificando seus hábitos e a preferência pelo Pix vem crescendo cada vez mais, muitas vezes, incentivada pelos próprios comerciantes, que buscam estimular o método de pagamento", comenta Amanda Stelitano, pesquisadora do Instituto Propague. 

Veja mais notícias sobre Tecnologia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 22 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/