Balança comercial registra superávit de US$ 8,1 bilhões em abril

Saldo foi impulsionado pelo aumento de preço nos produtos importados
O Ministério da Economia manteve a previsão de que o superávit comercial este ano será de US$ 111,6 bilhões

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 8,1 bilhões em abril, informou a Secretaria do Comércio Exterior, do Ministério da Economia, nesta quinta-feira (5). Os bens exportados somaram US$ 28,9 bilhões e os bens importados, US$ 20,7 bilhões. Em termos de valor exportado, foi o maior já registrado para o mês de abril em toda a série histórica. Mesmo assim, o superávit ficou menor do que em abril do ano passado, quando registrou US$ 10 bilhões.

Um dos fatores que impulsionaram o resultado no mês passado foi o aumento de quase 20% no preço dos produtos exportados pelo país, principalmente as commodities agrícolas. Em termos de volume de produtos exportados, houve uma queda de 8% nos embarques. No acumulado do ano até abril, as exportações totalizam US$ 101,1 bilhões e as importações, US$ 81,2 bilhões, com saldo positivo de US$ 19,9 bilhões, valor 10,5% maior do que o do mesmo período do ano passado.

Comparado com abril do ano passado, houve crescimento no valor das exportações da agropecuária, que registrou 12,7% (US$ 48,7 milhões). Os produtos com as maiores variações positivas no preço foram milho não moído, com 655,4% de aumento (US$ 10,4 milhões na média diária), café não torrado, com aumento de 53,8% (US$ 12,5 milhões na média diária), trigo e centeio, com 359.555,5% de aumento (US$ 2,9 milhões na média diária) e soja, com 7,1% (US$ 23,5 milhões na média diária). A indústria de transformação registrou crescimento de 35% nas exportações em abril, na comparação com abril do ano passado, totalizando US$ 202,3 milhões a mais no valor embarcado.

Estimativa
O Ministério da Economia manteve a previsão de que o superávit comercial este ano será de US$ 111,6 bilhões. As projeções do governo são de que as exportações somem US$ 348,8 bilhões, alta de 24,2% na comparação com o ano passado (US$ 280,8 bilhões), e que as importações de produtos somem US$ 237,2 bilhões, uma alta de 8,1% em relação 2021 (US$ 219,4 bilhões).

Com Agência Brasil

Veja mais notícias sobre Sul for ExportEconomiaBrasil.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 12 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/