A Wine colhe frutos do admirável varejo novo

Sete em cada dez compras são feitas pelo aplicativo
“Temos visto que uma vez que as pessoas se tornam consumidoras da bebida, não deixam de tomar vinho”, afirma Marcelo D’Arienzo, CEO da Wine

Reconhecidos como o maior clube de assinatura de vinhos do mundo, a Wine criou um ecossistema de vinhos ao redor do consumidor, ampliando a presença em todas as ocasiões de compra e consumo. Além do clube de assinatura e das lojas físicas, a marca está presente no e-commerce, na mesa de restaurantes, na gôndola de supermercados, em eventos e na venda consultiva por relacionamento.

"A Wine se tornou uma empresa verdadeiramente omnichannel. Um exemplo disso é que 7 em cada 10 compras em nossas lojas físicas são feitas pelo aplicativo Wine Vinhos. O app contribui para as vendas do e-commerce que totalizaram R$ 43,7 milhões em receita líquida neste segundo trimestre. Além disso, no período, nossos assinantes gastaram 63% a mais do que já consomem através do Clube Wine, em compras no e-commerce e lojas físicas", enumera Marcelo D'Arienzo, CEO da Wine, ao Blog Cepas & Cifras, do Portal AMANHÃ, site que é uma das publicações do Grupo AMANHÃ.

Em maio, a Wine se tornou uma empresa de capital aberto o que a permite acessar o mercado de capitais de diversas maneiras e financiar seu plano de expansão, a exemplo das debêntures emitidas com o objetivo de capitalizar a companhia para a aquisição da Cantu, processo concluído neste mês.

De acordo com o diretor de Relações com Investidores, Alexandre Magno, a empresa tem um leque de opções de financiamento via mercado de capitais agora que se tornaram uma companhia aberta. "Todo este processo aproximou a Wine do mercado e proporcionou um melhor conhecimento do nosso modelo de negócio. O IPO vai acontecer, na hora certa", promete Magno. Ele adianta que companhia estuda uma aquisição de uma empresa de tecnologia e promete novidades em breve.

Principais resultados
Entre abril e junho, a receita líquida da companhia atingiu R$ 124,1 milhões. Um crescimento de 42%, ante os R$ 87,4 milhões registrados no mesmo período do ano passado. Recentemente a Wine anunciou a conclusão da aquisição da Cantu, que obteve R$ 75,3 milhões de receita líquida no primeiro semestre deste ano. Juntas, as duas empresas apresentaram um total de R$ 296,2 milhões em receita líquida no período, marcando um crescimento de 53,8% comparado a 2020. Acesse aqui o release de resultados completo da Wine, disponível na área de relações com investidores da companhia.

De acordo com os dados divulgados, a Wine registrou um forte crescimento em todos os segmentos da companhia, com destaque para o Clube de Assinaturas com receita líquida de R$ 56,5 milhões no segundo trimestre de 2021. A captação de novos sócios se manteve em ritmo acelerado, chegando à marca de 270 mil assinaturas ativas.

"Observamos que a pandemia trouxe novos consumidores para a categoria de vinhos e temos visto que uma vez que as pessoas se tornam consumidoras desse produto, não deixam de tomar vinho. Continuamos apostando no clube como estratégia de crescimento da Wine. Mais de 40% dos novos assinantes aderem à modalidade anual, enxergando valor na recorrência e conveniência, e ainda, acreditando em um relacionamento a longo prazo", afirma D'Arienzo.

Segundo o CEO, o plano de expansão das lojas físicas segue em ritmo acelerado. "Abrimos três novas lojas no segundo trimestre deste ano, em Vitória (ES), Goiânia (GO) e Fortaleza (CE). Em julho, abrimos duas lojas no Rio de Janeiro. Já são 13 lojas da Wine espalhadas pelo Brasil e até o fim do ano teremos mais anúncios de aberturas, sempre com a estratégia de escolher cidades com maior adensamento de sócios do Clube. As vendas nas lojas físicas no segundo trimestre deste ano foram 3,7 vezes maiores do que as realizadas no segundo trimestre de 2020", comemora o CEO.

Veja mais notícias sobre Empresa.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/