Sidebar Menu

Capital brasileira das smart cities, Curitiba promove encontro de soluções urbanísticas

Para recuperar o DNA inovador de Curitiba, um conjunto inédito de atores vêm se reunindo nos últimos dois anos. Poder público, empresas, universidades, empreendedores e outras entidades resolveram somar forças para apostar no ambiente de inovação e d...
Capital brasileira das smart cities, Curitiba promove encontro de soluções urbanísticas

Para recuperar o DNA inovador de Curitiba, um conjunto inédito de atores vêm se reunindo nos últimos dois anos. Poder público, empresas, universidades, empreendedores e outras entidades resolveram somar forças para apostar no ambiente de inovação e desenvolvimento da capital. Dois desses agentes assumiram a dianteira do esforço coletivo: a prefeitura e o iCities, startup curitibana especializada em soluções inteligentes, que convenceu a FIRA Barcelona a realizar a edição brasileira do maior evento mundial de smart cities na capital paranaense. 

Depois de reunir 5 mil pessoas no primeiro Smart City Expo Curitiba (foto), a segunda edição – nos próximos dias 21 e 22 de março – promete trazer mais de 6 mil ao Expo Barigüi. A organização do evento no Brasil cabe ao iCities, tendo a prefeitura como parceira de primeira hora que já colhe os frutos em forma de reconhecimento internacional. Em 2018, a cidade não só retomou o pioneirismo dos anos 1990, como também consolidou iniciativas do Vale do Pinhão – o ecossistema de inovação que se tornou o símbolo de cidade mais inteligente do país, título que Curitiba recebeu em setembro, de acordo com o ranking Connected Smart Cities. 

A cidade se prepara também para dar um salto com a nova Lei de Inovação, sancionada em novembro de 2018 pelo prefeito Rafael Greca, que traz um arcabouço jurídico para a atuação do poder público na área de inovação. Ela estabelece ainda a criação do Conselho de Ciência, Tecnologia e Inovação e as diretrizes para diminuir a burocracia e incentivar o relacionamento do ecossistema. “O sucesso desse evento já credenciou Curitiba como a maior referência do Brasil em smart cities e um dos grandes nomes mundiais. Nessa segunda edição do Smart City Expo Curitiba, queremos realizar debates e exibir soluções em áreas como a saúde, educação, segurança e desenvolvimento econômico”, afirma o diretor e cofundador do iCities, Beto Marcelino.

Nos moldes das startups, que começam a operar quando ainda estão na fase de aperfeiçoamento de serviços e soluções, o Vale do Pinhão vem passando por ajustes desde 2017. “A proposta inicial previa tornar o bairro Rebouças, primeira área industrial de Curitiba, uma região referência em inovação. À medida que recebemos feedbacks de startups, universidades, grandes empresas, entidades de classe e aceleradoras, o conceito do Vale se expandiu para toda a cidade”, explica Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba. A consolidação dos cinco pilares – educação empreendedora, incentivo à implantação de tecnologia (IOT), reurbanização focada na economia criativa, fomento (incentivos fiscais) e integração/articulação do ecossistema – foi acelerada este ano e a própria Agência Curitiba instituiu como meta ter ações concretas e complementares em cada um dos cinco eixos do Vale do Pinhão. 

Relançado pela Agência Curitiba, o Curitiba Tecnoparque, programa de fomento municipal, oferece desconto de 2% para 5% no Imposto Sobre Serviços (ISS) a empresas que investem em tecnologia e inovação na capital. São 84 empresas incentivadas pelo programa e mais de 20 projetos em processo de análise para adesão ao programa. Em setembro, a agência passou a oferecer um novo programa de educação empreendedora, o Bom Negócio – Vale do Pinhão. Em parceria com 23 instituições da capital, entre universidades, entidades de fomento (Sebrae e ACP), especialistas em gestão e terceiro setor, a jornada empreendedora – dividida em aulas à distância e presenciais – preparou cerca de 800 pessoas para um novo olhar sobre gestão empresarial. 

Essa será a segunda edição do evento chancelado pela FIRA Barcelona, consórcio público formado pela Prefeitura de Barcelona, Governo da Catalunha e Câmara de Comércio de Barcelona, e que é o organizador do Smart City Expo World Congress, maior evento do mundo sobre cidades inteligentes, realizado anualmente em Barcelona. O Smart City Expo Curitiba 2019 terá quatro temáticas principais: viabilizando tecnologias para cidades inteligentes; governança em cidades digitais; cidades criativas, sustentáveis e humanas; e planejando cidades inovadoras e inclusivas. A área de exposição terá 35 empresas dos setores público e privado, exibindo soluções e inovações em áreas como iluminação pública, segurança, educação, saúde, saneamento básico, trânsito e urbanismo, entre outras. O acesso à área de exposição será gratuito mediante inscrição prévia pelo site

Veja mais notícias sobre Gestão.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 29 Setembro 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection