Sidebar Menu

BP comprará combustível de baixo carbono do Grupo ECB

O contrato envolve a aquisição de mais de 1 bilhão de litros
O combustível será produzido na biorrefinaria Omega Green a ser construída no Paraguai

O ECB Group anunciou a assinatura de um contrato com a BP para vender mais de 1 bilhão de litros de biocombustíveis avançados. O combustível será produzido a partir de 2024 na biorrefinaria Omega Green (maquete acima) a ser construída no Paraguai. "O ECB Group acredita que os biocombustíveis representam a melhor opção para a transição energética que o mundo precisa fazer", disse Erasmo Carlos Battistella, CEO do ECB Group, em nota.

A usina de biocombustível avançado Omega Green será construída no Paraguai e terá capacidade total de produção de 20 mil barris por dia, produzindo uma mistura de combustíveis como HVO (Óleo Vegetal Hidrotratado, também conhecido como diesel renovável), SPK (Querosene Parafínico Sintético, também conhecido como Sustainable Aviation Fuel ou Biojet), e Green Naphtha (usado na indústria química para fazer plástico verde, entre outros produtos). Esses biocombustíveis são avançados porque podem ser produzidos com métodos limpos (com menos emissões de CO2). São produzidos a partir de resíduos de gordura animal, óleos de cozinha usados, bem como óleos vegetais. Os biocombustíveis avançados permitem que os resíduos gordurosos sejam reciclados e transformados em uma fonte de energia mais limpa e eficiente.

O ECB Group é o maior produtor de biodiesel do Brasil com uma capacidade anual de 828 milhões de litros. Com este contrato, o grupo se posicionará como o maior produtor de biocombustíveis avançados do hemisfério sul e o maior fornecedor de biocombustíveis avançados para a BP no continente. O ECB Group é proprietário da BSBIOS que tem duas usinas de biodiesel: em Passo Fundo (RS), com capacidade de produção de 414 mil metros cúbicos anuais e em Marialva (PR), cuja capacidade de produção é de 414 mil metros cúbicos ao ano.

A BSBIOS é a 57ª empresa da região e a 21ª do Rio Grande do Sul, de acordo com o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado por AMANHÃ com o apoio técnico da PwC.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 27 Fevereiro 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection