Sidebar Menu

Veja quais ações pagam dividendos acima da taxa básica

Estudo da XP destaca as paranaenses Sanepar e Copel, além da catarinense Engie
Além da maior alocação dos investimentos na bolsa, as taxas de juros mais baixas também têm efeitos positivos diretos para as companhias, como a Engie

O Banco Central decidiu manter a taxa Selic em 2% ao ano, em reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). Depois de nove cortes seguidos, em um período de pouco mais de um ano, o órgão resolveu paralisar o movimento de queda (veja mais detalhes aqui). Diante dessa nova realidade do Brasil, a Bolsa de Valores se torna atrativa para os investidores que buscam maiores rentabilidades para os seus investimentos.

Além da maior alocação dos investimentos na bolsa, em busca de maior rentabilidade, as taxas de juros mais baixas também têm efeitos positivos diretos para as companhias, como a redução no custo de suas dívidas e incentivo para os investimentos. Neste ano, o rendimento dos dividendos das empresas do índice Ibovespa já supera a taxa básica de juros brasileira (Selic), o que significa uma atratividade ainda maior da Bolsa, considerando apenas o seu yield atual. Os rendimentos de dividendos acima da taxa de juros para algumas empresas são vistos como uma boa oportunidade, pois os investidores possuem uma "garantia" de retorno, além de seus ganhos com o desempenho da ação. Ou seja, além da possibilidade de ganho de capital, o investidor conta também com uma rentabilidade adicional.

Elétricas e bancos são setores que se destacam como bons pagadores de dividendos. O setor elétrico destaca-se como um dos principais pagadores de dividendo por definição, tendo em vista que se trata de um setor regulado com um certo grau de previsibilidade. Além da Engie e da Sanepar, a XP revela que a Copel também paga bons dividendos. O dividend yield da estatal paranaense de energia é de 3,2%. Veja, a seguir, a análise da casa de investimentos para Engie e Sanepar.

Engie (SC)
A Engie se destaca pela capacidade diferenciada de se proteger dos efeitos de baixa incidência de chuvas, além de ter expandido sua atuação para os setores de transmissão de energia e transporte de gás. O relatório da XP afirma que que após superar o período de incertezas no ano passado, o qual a empresa reduziu a distribuição de proventos de inicialmente 100% para 56%, a Engie deverá retomar sua prática de distribuição de 100% do lucro líquido a acionistas. A XP estima um dividend yield de 8% em 2021.

Sanepar (PR)
A elevada distribuição de dividendos da Sanepar se deve à política da companhia. Ela prevê a distribuição do dividendo mínimo de 25% do lucro, além de 25% adicionais caso a situação financeira da empresa o permita (o que acontece desde 2012, com uma pausa em 2019). "Estimamos um dividend yield de 6,6% entre 2020 e 2022. Mantemos nossa recomendação de compra na Sanepar, com um preço-alvo de R$ 32", sugere o relatório da XP. 

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 27 Fevereiro 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection