Crescimento da economia de recorrência leva PipeRun a faturar mais de R$ 500 mil em serviços técnicos

Salestech criou, em 2023, time para prestar serviços de apoio técnico com foco na personalização de produtos
O CRO da PipeRun, Fausto Reichert, projeta um crescimento ainda maior da área de serviços de apoio em 2024, que deve chegar a 5% do faturamento total projetado pela companhia

Cada vez mais brasileiros contam com algum tipo de serviço ou produto por assinatura, mensalidade ou licenciamento. Um estudo da plataforma Capterra mostrou que, em 2023, 94% dos consumidores estavam envolvidos na chamada economia de recorrência, que vem se expandindo significativamente. Streamings, tecnologia, manufatura, metalurgia, franquias, utilities e automotivo são alguns dos setores que têm se beneficiado dessa modalidade. Esse segmento avançou especialmente com a pandemia, quando muitas empresas passaram a digitalizar seus modelos de negócio — o que trouxe desafios, também, para qualificar sua gestão de vendas e de clientes. Foi nesse cenário que a salestech PipeRun registrou um crescimento exponencial.

Nascida em 2017, a startup tinha como objetivo atender empresas com dificuldades nesse tipo de venda. Com o crescimento do mercado, a companhia e seu time se especializaram, ampliando o foco em produtos altamente personalizados. Isso levou à criação, em 2023, de uma área de serviços especializados, que faz, além da implantação, integrações e também consultoria técnica continuada para negócios recorrentes, mas os serviços seguem sendo exclusivos para clientes do CRM de vendas e/ou do CXM de atendimento da própria empresa. No último ano, esses novos serviços de apoio técnico já responderam por mais de R$ 500 mil adicionais ao faturamento total da empresa, que tem seu foco nos softwares baseados em recorrência e relacionamento com clientes.

O CRO da PipeRun, Fausto Reichert, projeta um crescimento ainda maior da área de serviços de apoio em 2024, que deve chegar a 5% do faturamento total projetado da salestech. "É um movimento natural que não muda em nada nosso foco em recorrência de produtos SaaS. Esse apoio especializado amplia o tempo de vida do cliente na carteira, pois faz melhor uso do CRM e do CXM e tem adesão mais rápida e profunda a estes sistemas", destaca ele. "Estamos gradativamente expandindo o ticket médio e faturamentos em serviços extras para atender ainda mais as necessidades específicas de cada cliente", complementa.

A entrega de serviços de apoio e personalizações reforçou a proximidade da relação com os clientes, o que levou a um realinhamento de objetivos do roadmap de produtos e novas oportunidades para crescimento e atendimento destas demandas. "Conseguimos consolidar ainda mais nosso super configurador de produto, onde já existem 450 funcionalidades disponíveis, que podem ou não serem ativadas e, com isso, ajustar os sistemas para o modelo comercial de cada cliente, criando diferenciação do seu modelo perante seus concorrentes e melhorando a experiência para o seu consumidor final, organizando para vender melhor", afirma Osvaldo Gehm, CPO da PipeRun.

Diretor de expansão da salestech, Sandro Wagner acrescenta que o movimento em direção aos serviços de apoio está sendo feito dentro de total controle e capacidade. "Desenhamos pacotes de serviços especializados para cada momento das empresas, o que nos garante certa escalabilidade, além de garantir uniformidade e qualidade nas entregas de implantações personalizadas do CRM e CXM e, principalmente, apoiarmos tecnicamente nossos clientes em suas reestruturações comerciais, processos e de equipes", detalha. 

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 14 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/