Governo do RS divulga novo aviso para Capão da Canoa

Região apresentou piora em alguns indicadores
Um indicador que apresentou piora foi o de internações em leitos de UTI, com aumento de 25% entre suspeitos e confirmados

Após reunião do Grupo de Trabalho de Saúde (GT Saúde), o governo do Rio Grande do Sul divulgou nesta quarta-feira (13) a emissão de um aviso para a região Covid de Capão da Canoa, que já havia recebido a mesma notificação nas duas últimas semanas. As outras 20 regiões seguem sem avisos ou alertas.

O aviso é o primeiro passo do Sistema 3As de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul. Segundo os técnicos do GT Saúde, Capão da Canoa apresentou piora em alguns indicadores em relação à semana anterior, como número de casos confirmados e de internados em leitos de UTI por Covid, mas outros índices estabilizaram e até tiveram redução, como número de óbitos e hospitalizados em leitos clínicos. Por isso, concluíram pelo envio de Aviso, e não de sugestão de alerta para avaliação do Gabinete de Crise.

A região Covid de Capão da Canoa apresentou incidência, até segunda-feira (11), quando foi realizada a reunião do GT de Saúde, de 210,3 novos casos confirmados por 100 mil habitantes na última semana. Essa incidência representa a maior do Rio Grande do Sul entre as 21 regiões Covid, sendo o equivalente a três vezes a média estadual.

Outro indicador que apresentou piora foi o de internações em leitos de UTI, com aumento de 25% entre suspeitos e confirmados com Covid. As hospitalizações em leitos clínicos caíram 3,7%. Ou seja, após elevação por duas semanas seguidas, há estabilidade na última semana.

A taxa de mortalidade acumulada na semana foi de 1,26 óbito por 100 mil habitantes, representando redução de 61,5% frente à semana anterior. Essa taxa de mortalidade recente representa a sétima maior do Rio Grande do Sul – sendo que na semana passada estava no topo do ranking.

Veja mais notícias sobre CoronavírusSaúdeRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 21 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/