Paraná lança pacote bilionário de investimentos em infraestrutura

As obras devem gerar cerca de 40 mil empregos ao longo dos próximos dois anos. Recursos virão do Tesouro do estado 
Segundo Ratinho Junior, esse novo pacote, chamado de “À Frente Paraná”, é parte do projeto implementado há quatro anos de transformar o estado no hub logístico da América do Sul

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta terça-feira (7) um pacote bilionário de investimentos em infraestrutura em diversas regiões do Paraná. As obras, que serão licitadas neste ano e iniciam até 2024, alcançam aporte de R$ 3,4 bilhões. São novas duplicações, pavimentações e melhorias de rodovias e vias urbanas, além da construção de pontes e viadutos, modernização de estradas rurais e novas estruturas portuárias para potencializar o setor. De acordo com estudos do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes), as obras devem gerar cerca de 40 mil empregos diretos e indiretos ao longo dos próximos dois anos na construção civil, indústria e comércio, além de representar impacto de 0,4 ponto percentual no crescimento do PIB em 2023 – variável que pode ser maior no futuro com a instalação de novos negócios nas regiões beneficiadas. Segundo o Portal AMANHÃ apurou, os recursos virão do Tesouro estadual. Os recursos não serão aplicados de maneira imediata,  pois serão diluídos nos próximos anos, conforme o andamento das licitações, contratações e execuções das obras. 

São 16 grandes obras rodoviárias do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/PR) e da Agência de Assuntos Metropolitanos (Amep), além de um pacote de revitalização de 195 pontes e obras de arte rodoviárias (trincheiras e viadutos), implementação do Moegão no Porto de Paranaguá e pavimentação de mais cerca de 75 quilômetros de estradas rurais, beneficiando de 20 a 30 municípios. Também faz parte do pacote um aporte de R$ 100 milhões em projetos para dar início formal a novas obras em todas as regiões. São intervenções sonhadas pela população, mas que ainda não possuem um planejamento detalhado de implantação. A partir da elaboração desses projetos construtivos, podem ser contratadas com mais agilidade nos próximos anos, gerando um novo ciclo de investimento de aproximadamente R$ 3,6 bilhões.

Segundo o governador, esse novo pacote, chamado de "À Frente Paraná", é parte do projeto implementado há quatro anos de transformar o estado no hub logístico da América do Sul. "Quando assumi, em 2019, criamos um banco de projetos para acelerar a contratação de estudos. Agora temos eles prontos e conseguimos viabilizar os recursos para executar mais um grande pacote de obras em todas as regiões. Quando essas obras estiverem concluídas teremos um Paraná cada vez mais integrado, receptivo a grandes investimentos e com qualidade de vida para a população", disse Ratinho Junior.

Ele ainda lembrou que a essas obras anunciadas se soma um conjunto de intervenções já executadas ou em andamento, como a Ponte da Integração; a Ponte de Guaratuba; as duplicações da Rodovia dos Minérios e de trechos da PR-323 (Doutor Camargo e Umuarama), da PR-445 (Londrina), da BR-277 (Cascavel e Guarapuava), da PR-092 (Siqueira Campos) e da PR-317 (Maringá); da revitalização da PRC-280; da pavimentação Mato Rico-Pitanga e Irati-São Mateus do Sul; e das obras retomadas em acordos de leniência do antigo Anel de Integração, como a conclusão do Trevo Cataratas e novos viadutos na RMC e Campos Gerais, ou acordos judiciais, como os contornos de Arapongas e Jandaia do Sul. Além disso, está em fase de construção com o governo federal o pacote de concessão de rodovias que prevê mais de R$ 50 bilhões em investimentos em 3,3 mil quilômetros. O modelo de leilão foi desenvolvido em conjunto pelo Governo do Estado, União, Assembleia Legislativa, setor produtivo e sociedade civil organizada e tem como base três premissas: menor tarifa, maior número de obras e transparência no processo.

Veja mais notícias sobre BrasilInfraestruturaParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 12 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/