Hackathon desafia participantes a criarem soluções de smart cities para Curitiba

Propostas tecnológicas em mobilidade urbana, turismo inteligente e segurança dos cidadãos serão avaliadas e premiadas
Ação integra a agenda oficial de celebrações do 328º aniversário da capital paranaense, cidade referência em smart cities no Brasil e na América Latina

Maratona de desenvolvimento de software, o hackathon "Curitiba Smart Hack" recebe inscrições de profissionais e estudantes, com o desafio de criar propostas tecnológicas inovadoras capazes de apoiar a cidade em uma das seguintes frentes: mobilidade urbana, turismo inteligente e segurança. A iniciativa é da Minsait, uma empresa Indra, e a organização do hackathon é do iCities, empresa especializada em soluções para smart cities.

O hackathon será virtual e terá duração de 42 horas entre os dias 26 e 28 de março, integrando a agenda oficial de celebrações do 328º aniversário de Curitiba, cidade referência em smart cities no Brasil e na América Latina. As inscrições para participar do "Curitiba Smart Hack" devem ser feitas aqui até segunda, dia 22. 

Os participantes do "Curitiba Smart Hack" devem se enquadrar em um dos seguintes perfis: programação e desenvolvimento de aplicativos web/mobile, design, gestão de negócios ou comunicação e marketing. As inscrições devem ser feitas por equipes, observando o número mínimo de dois e máximo de cinco integrantes. Ao longo da competição as equipes receberão mentoria de especialistas.

Os critérios analisados para escolher o projeto vencedor envolvem criatividade, aplicabilidade do sistema para solucionar o problema proposto e viabilidade de execução real da solução desenvolvida. A equipe vencedora receberá um prêmio de R$ 10 mil. "Recentemente, Curitiba foi eleita a melhor capital do país para se viver, de acordo com o Índice Desafios da Gestão Municipal (IDGM), e entrou pela primeira vez no ranking Global Startup Ecosystem Report 2020, estudo do Startup Genome que analisa mais de 140 cidades no mundo e é considerado um dos mais abrangentes sobre o ecossistema de startups (empresas com base tecnológica). Para o iCities, é um privilégio poder contribuir para o fomento do setor de inovação de Curitiba", afirma Beto Marcelino, sócio-fundador e diretor de novos negócios do iCities.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 25 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/