Sidebar Menu

Cooperativas agropecuárias gaúchas lançam ferramenta SmartCoop

A plataforma deve beneficiar cerca de 173 mil associados
O produtor terá acesso a funcionalidades como acompanhamento da lavoura, monitoramento por satélite e gerenciamento de rebanho

Em um projeto coordenado pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado do Rio Grande do Sul (FecoAgro/RS), a ferramenta SmartCoop foi lançada oficialmente nesta terça-feira (20) em um evento acompanhado pelo Portal AMANHÃ. Depois de um trabalho de quase dois anos, o aplicativo, que já estava em operação junto a 90 produtores em 30 cooperativas associadas à entidade, foi apresentado ao público em evento virtual.

Segundo o presidente da FecoAgro/RS, Paulo Pires, a ideia partiu da tese de doutorado do diretor superintendente da CCGL, Guillermo Dawson, com o objetivo de realizar um grande programa no sistema cooperativista agropecuário gaúcho dentro da linha de intercooperação e inovação defendida pela entidade. "Começamos lá atrás aprovando no Conselho, depois passamos pelos presidentes de Cooperativas que aprovaram o projeto por unanimidade. Fizemos um longo trabalho com os nossos executivos com 21 profissionais das mais diferentes áreas, talentos nossos coordenados pelo Dawson, que foi incansável nessa luta", salientou.

Pires reforçou também o respaldo da CCGL em hospedar o projeto. Lembrou também que este passo de lançamento e promoção foi o primeiro a ser concluído e que agora as cooperativas darão a intensidade dentro de suas regiões. "Temos variáveis como a faixa etária, a disponibilidade de sinal de internet, mas temos esperança que vai mudar muito a relação dos nossos associados com as nossas cooperativas e trazer uma influência muito forte na gestão da propriedade. Tenho certeza que a relação da cooperativa com os produtores vai mudar muito", destacou.

A plataforma do SmartCoop deve beneficiar cerca de 173 mil produtores associados das 30 cooperativas participantes da iniciativa. O produtor terá acesso a funcionalidades como acompanhamento da lavoura, monitoramento por satélite, previsão do tempo, indicadores da cadeia leiteira, gerenciamento de rebanho, saldo de produtos na cooperativa, títulos a pagar, cotações e mecanismos de venda da produção. "Temos agora nossos parceiros e do outro lado temos os 173 mil associados. Estes agentes vão crescer juntos e quem ganha é o cooperativismo e a sociedade", complementou Pires.

"Somos testemunhas de um crescimento muito rápido de novas tecnologias, inovação e conectividade no meio agrícola. Tanto é verdade que há dois anos começamos a dar forma para essa plataforma, cujo principal objetivo é proteger o maior patrimônio das cooperativas que é o nosso produtor. E chegou o grande dia de apresentar esse aplicativo para eles", comemorou Nei Mânica, presidente da Cotrijal, uma das 30 associadas da Fecoagro/RS.

Veja mais notícias sobre AgronegócioRio Grande do SulTecnologia.

Veja também:

 

Comentários: 1

jose luiz em Quinta, 22 Abril 2021 14:09

Notícias bem interessantes em relação ao lançamento desse aplicativo. Em algumas atividades já temos algum controles nesse sentido na agropecuária .

Notícias bem interessantes em relação ao lançamento desse aplicativo. Em algumas atividades já temos algum controles nesse sentido na agropecuária .
Visitante
Quinta, 05 Agosto 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection