Expansão do Hospital de Pronto Socorro prevê investimento de R$ 140 milhões

Conclusão da obra está prevista para dezembro de 2026
Instituição tem mais de 1 mil servidores e realiza 120 mil atendimentos por ano

Próximo de celebrar oito décadas de história em 2024, o Hospital de Pronto Socorro (HPS) conta com departamentos reconhecidos pela excelência no atendimento, como a UTI de queimados, premiada pelo Ministério da Saúde, e a UTI pediátrica. Agora, o hospital inicia um projeto de expansão orçado em R$ 140 milhões, com o objetivo de qualificar os serviços em saúde em Porto Alegre.

A instituição conta com mais de 1 mil servidores e realiza, por ano, 120 mil atendimentos em média. Só em 2022, foram mais de 160 mil exames e 2,3 mil internações. As mudanças para o projeto de ampliação já começaram na avenida José Bonifácio, atrás do hospital. Foram demolidas cinco casas, cujos terrenos serão utilizados na obra. Com o pátio limpo, a prefeitura se prepara para a próxima etapa, que contempla a contratação do projeto executivo da ampliação do hospital e posterior licitação. Será feita análise das condições do terreno, da legislação aplicável e do levantamento planialtimétrico, além de um laudo de cobertura vegetal e definições do conceito do projeto e layout de arquitetura.

Essa etapa também contempla a caracterização de todos os materiais da nova edificação e elementos construtivos e detalhamento de tudo o que é necessário para a execução da obra. "Estamos realizando os últimos ajustes para definição completa do programa de necessidades, com o propósito de iniciarmos a execução da expansão no começo do ano que vem, e concluirmos até dezembro de 2026", projeta Tatiana Breyer, diretora-geral do HPS.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 16 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/