Paranaguá será ponto de partida de cruzeiros

Expectativa é injetar R$ 20 milhões na economia da região
Será a primeira vez que os passageiros poderão embarcar ou desembarcar em cruzeiros pelo litoral paranaense

De dezembro a março, o litoral do Paraná vai estrear como ponto de embarque fixo na temporada de cruzeiros com rota pela América do Sul durante o verão. A previsão é que os navios levem 40 mil turistas à região, injetando mais de R$ 20 milhões na economia local. Serão 16 paradas de dois navios no Porto de Paranaguá entre 1º de dezembro de 2023 e 8 de março de 2024. O navio MSC Lirica, com capacidade para 2,6 mil passageiros, passará 15 vezes pelo litoral paranaense. Em todas elas, turistas poderão começar a viagem na cidade e seguir para Itajaí, em Santa Catarina, Punta de Leste, no Uruguai, e Buenos Aires, Argentina. Além disso, o porto vai receber uma parada do navio MSC Musica, com mais de 3,3 mil passageiros.

Em outras temporadas, os navios de cruzeiro que passaram por Paranaguá não ofereciam a possibilidade para embarque ou desembarque. A novidade dá conforto aos paranaenses interessados nas viagens. "Antigamente, era necessário ir até Santos ou outro porto brasileiro para fazer uma viagem de cruzeiro. Agora, são os turistas de outras localidades que virão até o Paraná, às vezes alguns dias antes do embarque, e vão movimentar a rede hoteleira, os restaurantes e serviços dos municípios da região", afirmou o diretor-presidente da Viaje Paraná, Irapuan Cortes. Em cada parada do MSC Lirica, cerca de 400 passageiros poderão embarcar em Paranaguá. Outras 2 mil vagas estão reservadas para embarques em outras atracações da rota. Entre os 40 mil passageiros que devem passar pelo Litoral em todas as paradas programadas, mais da metade deve ser composta por estrangeiros, e o ticket médio de gasto com turismo de cada pessoa é estimado em mais de R$ 500.

Além de movimentar a economia durante a temporada, a entrada do litoral paranaense na rota de cruzeiros também fomenta o turismo na região no médio e longo prazo. "A companhia que opera estes cruzeiros estima que 87% dos turistas voltam às cidades onde os navios fazem parada. Isso é importante porque não serão visitantes esporádicos, mas potenciais turistas que vão voltar ao Paraná", explicou o diretor da Viaje Paraná. Além do roteiro do verão de 2023/2024, a MSC já confirmou que Paranaguá estará na rota de cruzeiros do ano seguinte. Além disso, há a possibilidade de outras companhias incluírem o litoral paranaense no itinerário.

Veja mais notícias sobre Negócios do SulParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 14 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/