Sidebar Menu

Magazine Luiza compra delivery paranaense de comida AiQFome

É a segunda maior aquisição feita pela companhia, atrás apenas da Netshoes
A AiQFome movimenta mais de R$ 700 milhões por ano

A rede varejista Magazine Luiza anunciou a aquisição da startup de delivery de comida AiQFome, com sede na cidade paranaense de Maringá. A compra da AiQFome tem como principal objetivo fortalecer o ecossistema digital da rede. Com cobertura nacional, o AiQFome está presente em 350 cidades, localizadas por 21 estados. A plataforma tem mais de 2 milhões de clientes cadastrados e recebe milhões de pedidos por ano, preparados por 17 mil restaurantes parceiros. Em média, cada usuário faz mais de três pedidos por mês, o que contribuirá para o aumento de recorrência de vendas que é parte da estratégia do Magalu. Segundo informações colhidas pelo Portal AMANHÃ, se trata da segunda maior aquisição do Magalu, atrás apenas da Netshoes.

A AiQFome movimenta mais de R$ 700 milhões por ano. A plataforma tem crescido de forma exponencial, com resultados positivos e geração de caixa. "Esse é mais um movimento cirúrgico do Magalu para desenvolver seu ecossistema de negócios e fortalecer seu superapp. Com a aquisição trazemos para dentro da empresa competências que ainda não possuímos", afirma Roberto Bellissimo, CFO da companhia.

A negociação foi conduzida pela Stonecapital, escritório especializado em fusões e aquisições, com sede no Rio Grande do Sul e com forte presença também no Paraná. A vendedora, que se destaca por ser o app mais bem avaliado da categoria de food delivery pelos usuários, competindo com nomes como Ifood, Rappi e Ubereats. A cidade-sede da AiQFome há menos de um ano recebeu o quarto escritório da Stonecapital, que já contava com endereços em Caxias do Sul e Porto Alegre, além da capital paranaense Curitiba. "Escolhemos Maringá para receber um novo escritório pelo potencial da região e pela diversidade de empresas. É difícil apontar a principal vocação da região, já que encontramos oportunidades que vão do agronegócio ao setor de tecnologia, passando pela indústria tradicional", ressalta Elisandro Vargas, sócio da Stonecapital e responsável pela condução das negociações por parte dos vendedores.

Veja mais notícias sobre EmpresaNegócios do SulParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 26 Janeiro 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection