Leilão beneficente de vinhos raros capta fundos para vítimas do RS

Primeira edição do certame da ABS-RS arrecadou R$ 52 mil e últimos lotes recebem lances até sábado
Itens de safras a partir da década de 1940 compõem segunda edição do pregão beneficente que será conduzido por Cristiano Escola no próximo sábado

A primeira etapa do leilão online beneficente de vinhos brasileiros ícones e raros promovido pela seção gaúcha da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-RS) em conjunto com o Cristiano Escola Leilões triplicou o valor balizado na soma dos lances mínimos dos lotes oferecidos. O pregão realizado em 15 de maio levantou R$ 52.050 em prol das vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. Novos lotes com exemplares de safras antigas, icônicas, preciosidades e acessórios enológicos estão disponíveis para lances até o dia 8 de junho, às 12h15, no site http://www.cristianoescolaleiloes.com.br. Nessa data, a segunda edição do leilão será concluída, como programação de encerramento da quarta edição da Jornada do Sommelier, evento de referência para os profissionais do setor, este ano ocorrerá de forma virtual devido às situações de logística ocasionadas pelos deslizamentos e enchentes no estado.

Os valores arrecadados na primeira edição da ação foram repassados pelos arrematantes diretamente às duas entidades indicadas pela ABS-RS, o Rotary Rio Grande do Sul e a iniciativa Unidos por Bento, que atuam no auxílio às vítimas e em ações de reconstrução das áreas afetadas no estado. "O leilão movimentou muita gente. Recebemos contatos de pessoas e de vinícolas de todo o Brasil para doar itens que lhes eram valiosos. Unimos a paixão pelo vinho e a vontade de fazer o bem", observou o diretor de relações institucionais da ABS-RS e vice-presidente da ABS Brasil, Júlio César Kunz. Um dado interessante é que, dos 17 lotes ofertados na primeira fase, 15 foram arrematados por interessados de fora das fronteiras gaúchas, demonstrando o apoio à essa nobre causa por todo o país. "Tivemos muito apoio de gente divulgando, além dos que participaram dos lances. Todo esse esforço foi multiplicado e vai fazer a diferença na vida de muitas pessoas", agradeceu o leiloeiro Cristiano Escola.

A segunda edição contou com um engajamento e uma generosidade ainda maior por parte dos doadores. Dessa vez, 245 garrafas foram organizadas em 67 lotes, que contemplam vinhos, espumantes, mistela, conhaques, conjunto de taças e taças gigantes de cristal com capacidade de até quatro litros. Eles estão agrupados como vinhos ícones e vinhos raros no site do leilão. "Temos um painel incrível com itens raríssimos, históricos e de safras excepcionais. Não tem como não se interessar por algum. A generosidade de quem abriu mão desses produtos para auxiliar no apoio às famílias afetadas no Rio Grande do Sul é de emocionar", pontua Caroline Dani, presidente da ABS-RS.

Na categoria dos vinhos raros, entre os mais antigos estão dois exemplares que faziam parte do acervo da família do ex-governador gaúcho Euclides Triches, que ocupou o posto entre 1971 e 1975, doadas pela antiga Vinícola Luiz Michelon. Um vinho doce ao estilo Tokay (renomado doce húngaro) da safra 1944. "Esse vinho demonstra a incrível capacidade de evolução de vinhos doces elaborados na Serra Gaúcha e o cuidado nos métodos empregados na década de 1940. A complexidade aromática e o desempenho dele em boca contam a história do vinho brasileiro em sensações", destaca Kunz, que teve a oportunidade de degustar um exemplar aberto pela família Catuzzo, depositária da garrafa. Há lotes com safras partindo da década de 1940 até as mais atuais, consideradas de excelência. Entre as singularidades há um brandy do final dos anos de 1970 assim como raridades das históricas vinícolas Mônaco, Bacardi-Martini do Brasil, Companhia Vinícola Rio Grandense além da já citada Luiz Michelon. E empresas de renome no mercado também doaram preciosidades de seus acervos de antiguidades.

Na categoria dos vinhos ícones é possível dar lances em garrafas magnun (1,5 litro) e double Magnun (3 litros), e em coleções criteriosamente agrupadas, algumas complementadas por conjuntos de taças de cristal e por taças gigantes tanto para espumante quanto para vinhos. São rótulos premium, em conjuntos para degustação vertical ou de safras de excelência. As especialidades ainda reúnem produtos envelhecidos em barricas de madeiras brasileiras e outros que expressam a qualidade de uma categoria ou de um terroir. "Há opções que agradam a qualquer apreciador e algumas cobiçadas por colecionadores. Há lotes partindo de R$ 300", explica Mauricio Roloff, vice-presidente e diretor de ensino da ABS-RS. Os lances iniciam com valores 35% abaixo do disponível ou estimado pelo mercado.

No total, essa etapa pretende arrecadar um mínimo de R$ 54,5 mil. Entretanto, a ABS-RS acredita que, assim como na primeira etapa, o total auferido será potencializado pela qualidade dos itens e pela nobreza da causa, dedicada a apoiar a reestruturação de inúmeras vidas e que marcará a reconstrução de um Rio Grande do Sul ainda mais forte, unido e que celebrará essa fase com brindes muito especiais. A segunda edição será concluída o dia 8 de junho e será parte da programação da quarta edição da Jornada do Sommelier. O encerramento dos lances da categoria dos vinhos ícones será às 10h30. Já para os vinhos raros, a batida do martelo será às 12h15. "Como não poderia deixar de ser, o tema desse ano abordará as mudanças climáticas. Será um momento de reflexão, aprendizado e difusão da cultura do vinho sob essa perspectiva. Além do conhecimento protagonizado por especialistas no tema, teremos a oportunidade de participar do leilão e de, novamente, fazer o bem", reforça Caroline.

Serviço - Leilão beneficente de vinhos brasileiros ícones e raros
Quando:lances até sábado, às 10h30 para a categoria Vinhos Ícones, e até as 12h15 para a categoria Vinhos Raros
Onde: no site www.cristianoescolaleiloes.com.br
Lotes: clique aqui para acessar lotes dos vinhos ícones e aqui para conhecer os lotes dos vinhos raros
Como participar: é necessário fazer o cadastro na plataforma, selecionar o lote de interesse e fazer o lance a partir do valor mínimo indicado. O autor da proposta vencedora fará a transferência do valor diretamente a uma das instituições elencadas na ação. Após o envio de comprovação do depósito, será feito o envio do lote arrematado. O custo do frete é de responsabilidade do vencedor do pregão.
Entidades beneficiadas:
- Rotary Rio Grande do Sul: instituição que engloba as cinco regiões atendidas no Rio Grande do Sul. Pix: rotaryrs@gmail.com
- Unidos por Bento: iniciativa que engloba mais de 20 entidades de Bento Gonçalves. Pix: financeiro@cicbg.com.br
- Uma Pati Quatro Patinhas: iniciativa que acolhe animais com deficiência, doença crônica e/ou idosos. A Patrícia é pedagoga, surda e voluntária na causa animal há 16 anos. Abriga 60 animais em sua casa, muitos deles especiais. Pix: 1pati4patinhas@gmail.com (específico para o lote Quinta Cruzeiro "Tokay" Safra 1944 - garrafa cheia)
- ONG Sem Raça Definida: entidade que atua no resgate e cuidados de animais vítimas de maus tratos, abandonados e encontrados durante as enchentes no RS. Pix: ongsrdoficial@gmail.com (específico para os lotes Monaco Château Charmeton 1972 e Quinta Cruzeiro "Tokay" Safra 1944 - garrafa vazada)

Veja mais notícias sobre BrasilNegócios do SulRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 24 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/