BC dos Estados Unidos decide manter juros inalterados

Taxa apresenta o maior índice dos últimos 22 anos
O Fed voltou a reiterar que o sistema bancário norte-americano é sólido e resiliente

O Federal Reserve (o Fed, o Banco Central dos Estados Unidos) decidiu, por unanimidade, manter a taxa de juros inalterada no intervalo entre 5,25% e 5,5%. É o maior índice dos últimos 22 anos. "Indicadores recentes sugerem que a atividade econômica expandiu a um ritmo forte no terceiro trimestre. Os ganhos de emprego moderaram-se desde o início do ano, mas permanecem fortes e a taxa de desemprego permaneceu baixa. A inflação continua elevada", enumeram os membros do colegiado em seu comunicado.

No texto, o Fed, assim como na reunião passada, voltou a reiterar que o sistema bancário norte-americano é sólido e resiliente. "Condições financeiras e de crédito mais restritivas para famílias e empresas deverão pesar sobre a atividade econômica, as contratações e a inflação. A extensão destes efeitos permanece incerta", destaca a nota do BC. "O Comitê continuará a reduzir as suas participações em títulos do Tesouro e dívida de agências e títulos garantidos por hipotecas de agências, conforme descrito nos seus planos anunciados anteriormente", informa o comunicado.

Veja mais notícias sobre MundoEconomia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/