Agronegócio do Sul perde Tarso Teixeira

Ele exercia o cargo de vice-presidente da Farsul
Médico veterinário e co-gestor da Fazenda Boa Vista, em São Sepé, Tarso foi técnico da raça Devon, era criador e presidente do Núcleo de Criadores de São Gabriel

O agronegócio da região Sul perdeu na madrugada desta segunda-feira (4) o produtor rural Tarso Francisco Pires Teixeira. As causas da morte foram complicações da Covid-19. Médico veterinário e co-gestor da Fazenda Boa Vista, em São Sepé, Tarso foi técnico da raça Devon, era criador e presidente do Núcleo de Criadores de São Gabriel.

Nome de destaque do agronegócio, atualmente atuava na superintendência do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) no estado. Também exercia o cargo de vice-presidente da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul).

Teixeira teve trajetória de sucesso na direção dos sindicatos rurais de São Sepé e São Gabriel. Ele tinha 69 anos e deixa esposa, três filhos e dois netos.

Veja mais notícias sobre MemóriaRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 26 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/