Sidebar Menu

Volvo suspende parte da produção no Sul

Decisão se deu em razão do agravamento da pandemia
O alto nível de instabilidade na cadeia de abastecimento de peças também é outro problema evidenciado pela multinacional sueca

A montadora sueca Volvo informou que vai diminuir em 70% a produção de caminhões na unidade de Curitiba a partir desta terça-feira (23) até o fim do mês. De acordo com a empresa, o motivo é o alto nível de instabilidade na cadeia de abastecimento de peças, principalmente semicondutores, combinado com o agravamento da pandemia.

A medida impactará 2 mil empregados da produção de caminhões. Parte do efetivo da fábrica seguirá em atividade, incluindo a produção de ônibus, parte da produção de caminhões, o serviço de atendimento emergencial a veículos Volvo (VOAR), bem como a distribuição de peças para as concessionárias e distribuidores da marca. Os funcionários do administrativo também continuam trabalhando em regime de home office, por tempo indeterminado. Ao todo, a Volvo tem 3,7 mil funcionários em Curitiba.

Na semana passada a Volkswagen também havia anunciado que paralisaria sua fábrica em São José dos Pinhais (PR) alegando as mesmas causas.

Veja mais notícias sobre IndústriaEmpresaParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 05 Mai 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection