Calçadistas lançam campanha para reconstruir a cadeia do setor no RS

Movimento Próximos Passos RS quer priorizar os empregos em aproximadamente 3 mil empresas
Com cerca de 120 mil trabalhadores diretos, a cadeia produtiva tem papel social e econômico fundamental

As entidades representativas da cadeia produtiva do calçado Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal) e Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), em união com empresas do setor, lançaram a campanha Movimento Próximos Passos RS. O objetivo é reconstruir o ecossistema calçadista gaúcho, priorizando seu bem mais valioso: as pessoas. Em manifesto conjunto, "o movimento destaca que a cadeia calçadista no Rio Grande do Sul não é apenas um setor econômico; é o sustento de milhares de famílias, a base de seus sonhos e de seu futuro". Com aproximadamente 3 mil empresas e cerca de 120 mil trabalhadores diretos, a cadeia produtiva tem papel social e econômico fundamental para o estado. "Nos últimos dias estamos sendo testemunhas de uma tragédia sem precedentes no Rio Grande do Sul. Uma catástrofe climática que está deixando milhares de empresas e milhões de famílias devastadas. Perdemos não somente bens materiais, mas lares, documentos, recordações, amigos e familiares. Mas, em meio ao caos e tristeza, surgiu uma força inigualável: a solidariedade do povo gaúcho e de todo Brasil, manifestada em atos voluntários e doações generosas para reconstruir vidas e renovar a esperança", continua o manifesto.

O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, destaca que o Movimento Próximos Passos RS é uma resposta à urgência de reconstrução da cadeia produtiva, que tem nas pessoas seu principal ativo. "Somos um setor intensivo em mão de obra. São milhares de pessoas que vivem da atividade. A reconstrução, primeiro da vida dessas pessoas, é o nosso principal objetivo com a campanha. É a partir da dignidade e das condições de moradia das famílias que dependem da cadeia calçadista que teremos um setor inteiro restabelecido", argumenta. Para Silvana Dilly, superintendente da Assintecal, a união das entidades e empresas que fazem parte do ecossistema do calçado será fundamental para a recuperação da atividade. "Um período de grave crise, com uma catástrofe climática como nunca vista no Rio Grande do Sul, exige medidas urgentes de auxílio. A resposta da união entre entidades e empresas não somente do Estado, mas de todo o Brasil, é igualmente histórica e irá ajudar milhares de pessoas envolvidas na produção do calçado", diz.

Como funciona
O Movimento Próximos Passos RS é um movimento coletivo, que além das entidades, já conta com a adesão de importantes empresários gaúchos e de fora dele. Fazem parte da campanha, embaixadores como Alexandre Birman (Arezzo&Co); Pedro Bartelle (Vulcabras); Sergio Bocayuva (Usaflex); Ana Carolina Grings (Piccadilly); Astor Ranft (Pegada); Daniel Gewehr (Via Marte); Andrea Kohlrausch (Bibi); Marcelo Lehnen (Dakota); Vilson Hermes (Grupo Dass); Roberto Argenta (Calçados Beira Rio); Marco Schmitt (Box Print); Milton Killing (Killing Tintas e Adesivos); Eduardo Seleme (Viposa); ⁠⁠Jair Krummenauer (Cortume Krumenauer) e Emerson Fuga (Curtume Luiz Fuga). As doações recolhidas via pix ou depósito (nacional) e via depósito internacional estão sendo alocadas em um fundo para posterior destinação a entidades de auxílio mapeadas nas cidades atingidas: Associação de Amigos da Oktoberfest (Amifest de Igrejinha), Campo Bom Solidário, Distrito LD2 da Associação Internacional de Lions Clubes (Roca Sales, Muçum, Encantado, Arroio do Meio, Estrela, Lajeado e Taquari), Lions Clube de Parobé, Lions Clube de Três Coroas e Rotary Clube Oeste de Novo Hamburgo.

Como ajudar
Via depósito nacional

Banco do Brasil
Agência: 0314-X
Conta corrente: 39761-X
Via Pix: financeiro@abicalcados.com.br


Via depósito internacional*

Banco do Brasil (001)
IBAN: BR9600000000003140000397610C1
SWIFT: BRASBRRJCTA
*As doações no exterior devem incluir o motivo do envio "Ajuda Enchentes RS May 2024".

Veja mais notícias sobre IndústriaBrasilEconomiaRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 24 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/