Wilson Sons registra crescimento de operações de transbordo no Tecon Rio Grande

Maior deslocamento de cargas entre mais de oito países teve resultado acima dos 100%
O Tecon Rio Grande fez uma série de investimentos em equipamentos de cais e pátio, alcançando a capacidade de operar 1,4 milhão de TEU e receber as maiores embarcações que navegam no mundo

A Wilson Sons registrou um considerável crescimento na movimentação de transbordo do Tecon Rio Grande (RS), operação que consiste na conexão entre duas linhas marítimas, transferindo contêineres entre os navios e conectando as cargas a diferentes regiões do mundo. Em outubro, foram 10.032 TEU, com um aumento de 111% em relação ao mesmo mês do ano passado. O crescimento total do ano foi de 41%. As operações compreenderam cargas de arroz, carne bovina, produtos químicos, madeira e alimentos em geral. Os vizinhos Uruguai e Argentina, além de Cingapura e Estados Unidos, foram os responsáveis pelas principais origens de mercadorias, enquanto os principais destinos se deram para Peru, Equador, México e, também, os Estados Unidos.

O Tecon Rio Grande fez uma série de investimentos em equipamentos de cais e pátio, alcançando a capacidade de operar 1,4 milhão de TEU e receber as maiores embarcações que navegam no mundo. "A infraestrutura do terminal nos dá condições de obter resultados como estes. A disponibilidade de berço, com 900 metros de cais, produtividade e uso de tecnologia e automação nos posicionam como a melhor alternativa para transbordo do Conesul", argumenta Rodrigo Velho, diretor comercial do Tecon Rio Grande. "Esse crescimento mostra nossa vocação e capacidade de operar eficientemente, o que foi muito bem apresentado por nós em um road-show de negócios na Ásia em setembro, quando pudemos evidenciar os diferenciais do terminal e nosso planejamento para os próximos anos", completa. Conforme Velho, esse resultado expressivo do terminal denota a capacidade do terminal de absorver serviços novos prontamente.

Veja mais notícias sobre EmpresaNegócios do SulRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/