Stihl anuncia novo investimento no Sul

Aporte de R$ 56 milhões será usado para construção de dois novos prédios
Com a inauguração desta quinta, a empresa terá o aumento da capacidade de produção de máquinas, podendo alcançar até 1,5 milhão de unidades motoras por ano

A Stihl Ferramentas Motorizadas realizou, nesta quinta-feira (4), a cerimônia oficial de inauguração do novo Centro de Operações Motores e também a "pazada", tradicional ato simbólico alemão, que marcou o início das obras dos novos prédios de ferramentaria e do vestiário da organização. A solenidade contou com a presença do presidente honorário do conselho consultivo do Grupo Stihl, Hans Peter Stihl, e do presidente da Stihl Brasil, Cláudio Guenther, além de outros executivos.

O novo Centro de Operações Motores da companhia contou com o aporte de R$ 68 milhões e, mediante toda a tecnologia, a empresa terá o aumento da capacidade de produção de máquinas, podendo alcançar até 1,5 milhão de unidades motoras por ano. Em uma área total com mais de 14 mil metros quadrados, a construção já foi desenvolvida dentro de conceitos da Indústria 4.0 – com uma produção mais limpa e orientação para a Internet das Coisas (Internet of Things - IoT).

"O novo empreendimento será crucial para expansão da nossa força de produção e para evolução da tecnologia utilizada, o que otimiza ainda mais o processo já existente. Todas as linhas de montagem estarão com fluxos de materiais e informações alinhados na mesma direção, propiciando melhor controle da atividade", afirma o presidente da Stihl Brasil, Cláudio Guenther.

O novo prédio conta com processos de injeção de plásticos, usinagem e um novo e moderno sistema de pintura de peças de magnésio, tratamento térmico, usinagem de virabrequim e bielas e espaço para linhas de montagem dos equipamentos (motosserra, roçadeira, pulverizadores, sopradores e outros). Ainda neste sentido de expandir a capacidade de produção e, consequentemente, a estrutura social oferecida aos profissionais da organização, a Stihl investirá R$ 56 milhões para a construção de dois novos prédios. Os novos movimentos fazem parte do pacote de investimentos que a empresa fará na unidade de São Leopoldo (RS).

Dentro dos 2.560 metros quadrados, serão estruturados consultórios clínicos, odontológicos, de fisioterapia, espaço para amamentação e sala multidisciplinar para terapia familiar, além de uma área de 600 metros quadrados para o descanso dos funcionários após as refeições. Também serão instalados 3 mil armários, mais de 40 chuveiros e área para descarga de uniformes.

Com o aumento da demanda e da produção, a Stihl também oportunizou um significativo aumento nas vagas de empregos, que desde junho do ano passado somam mais de 1.400 contratações. A previsão de finalização tanto do prédio da ferramentaria como do novo vestiário é para o segundo trimestre de 2022.

Quer saber mais sobre empresas do Sul?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ.

Veja mais notícias sobre EmpresaNegócios do SulRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 18 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/