Empresa do Sul cria maior clube de assinatura religioso do Brasil

De Dois Irmãos, Minha Biblioteca Católica já tem assinantes em mais de 3.600 cidades do país
“Encontramos dezenas de milhares de pessoas no Brasil que tinham o mesmo desejo que nós”, conta o cofundador Matheus Bazzo

É do interior do Rio Grande do Sul um dos principais clubes de assinatura de livros do país e o maior do nicho religioso. Quem passa pela frente de sua sede discreta, em Dois Irmãos, pode até não se dar conta disso. A Minha Biblioteca Católica acaba de completar quatro anos de atuação e segue em pleno crescimento. A empresa — que opera do município do Vale dos Sinos com pouco mais de 30 mil habitantes — já imprimiu 3 milhões de obras e impactou mais de 90 mil famílias em todo o Brasil.

A cada mês, os assinantes ganham uma caixa com um livro em edição de luxo, um guia de leitura exclusivo preparado pelo clube, um ícone e uma marca-páginas temático. Ao todo, 3.629 cidades recebem os boxes, sendo São Paulo, Minas Gerais e Paraná, Rio de Janeiro e Ceará, respectivamente, os estados com mais clientes. E, somando o caminho percorrido pelas transportadoras para as entregas desde 2018, são mais de 100 milhões de quilômetros rodados.

Quem está à frente do negócio é Matheus Bazzo, que também fundou a Lumine — maior plataforma católica de streaming da América Latina. O empreendedor lidera uma equipe de mais de 60 colaboradores, sendo boa parte deles sediados em Dois Irmãos, e o restante espalhado pelo Brasil, em modelo remoto de trabalho. A idade média é 26 anos, garantindo um "DNA jovem para a empresa", segundo ele.

A opção por se instalar na cidade do Vale dos Sinos se deu em razão de um dos sócios-fundadores da companhia, que era responsável pela logística, residir ali. E, até hoje, toda a operação de montagem, estoque e envio das caixas continua ocorrendo no município. Para os próximos meses, a Minha Biblioteca Católica pretende abrir um novo espaço, em paralelo ao existente:

"Estamos expandindo nossa atuação e estruturando um local no Instituto Caldeira, em Porto Alegre. Será um núcleo criativo e de vídeos. Sentimos a necessidade de estar mais presentes nos ambientes de empreendedorismo e criatividade, duas características evidentes na MBC desde o início", pontua o cofundador Matheus Bazzo.

A Minha Biblioteca Católica surgiu em janeiro de 2018. A ideia veio de um grupo de amigos que possuíam um interesse em comum: a procura de bons livros católicos. E um fato curioso ocorreu no primeiro mês de operações: as assinaturas do clube bateram o estoque, e foi preciso fechar o site por dois dias.

"Não tínhamos nenhum plano extraordinário. Éramos pessoas comuns que queriam aprender mais sobre nossa religião e ter acesso a livros de qualidade. Começamos com uma decisão simples de editar algumas obras e mostrar para as pessoas, e o resultado foi surpreendente. Encontramos dezenas de milhares de pessoas no Brasil que tinham o mesmo desejo que nós", conta Bazzo.

Quer saber mais sobre empreendedorismo?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 23 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/