Empresa incubada na Univali desenvolve soluções para validar documentos jurídicos

Expectativa é finalizar testes para iniciar vendas do serviço nos próximos meses
O período de incubação no ITE/Univali tem sido fundamental para o desenvolvimento da empresa

A DataCertify, empresa incubada na Incubadora Tecnológica e Empresarial (ITE), mantida pelo Núcleo de Inovação Tecnológica (Uniinova) da vice-reitoria de pesquisa, pós-graduação e inovação da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), prepara-se para lançar no mercado um sistema para certificar e conferir validade jurídica para documentos, áudios, vídeos e imagens que serão utilizados como prova em processos judiciais ou extrajudiciais de forma prática e confiável, por meio do uso da blockchain.

Desenvolvida por Gabriel Pessotti da Silva e Jenifer Carina Pereira, egressos do curso de direito e alunos do mestrado em ciência jurídica da Univali; e Vinícius Almeida dos Santos, formado em ciência da computação e aluno do mestrado em computação aplicada da Univali, o sistema oferecerá mais uma opção de meios de produção de prova para advogados.

Para o desenvolvimento da proposta a equipe identificou que a exigência da elaboração de ata notarial além de moroso exige um alto investimento. A solução da empresa usa a tecnologia como forma de garantir imutabilidade e confiança à prova que será utilizada. A expectativa do grupo é finalizar os testes nos próximos meses e, na sequência, iniciar as vendas de sua solução. Silva conta que o período de incubação no ITE/Univali tem sido fundamental para o desenvolvimento da empresa: "Por meio das mentorias constantes, conseguimos seguir uma constância de trabalho – desde a construção de modelo de negócio, às ferramentas que utilizaremos para efetivar as vendas do serviço", resume.

O programa de incubação da incubadora tecnológica e empresarial oferece suporte às startups na estruturação de seu negócio e em sua conexão com clientes e investidores, contribuindo para aumentar a taxa de sucesso dos pequenos empreendimentos inovadores, além de auxiliar na geração de empregos qualificados, facilitar a criação e a exploração de novas tecnologias e modelos de negócio.

Veja mais notícias sobre EmpreendedorismoTecnologiaSanta Catarina.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 25 Outubro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/