Sidebar Menu

BRDE Labs seleciona 12 startups para aceleração no Rio Grande do Sul

Processo conta com o apoio dos parques tecnológicos das três universidades que fazem parte da Aliança para a Inovação
Mais de 60% das startups selecionadas têm foco no agronegócio

O Programa BRDE Labs RS acaba de concluir a etapa de pré-aceleração (Warm Up). Coordenado no Estado pela aceleradora Ventiur, o processo de aceleração conta com o apoio dos parques tecnológicos das três universidades que fazem parte da Aliança para a Inovação: UFRGS, PUCRS e Unisinos. Das 188 startups inscritas entre maio e junho deste ano, 30 foram selecionadas para participar da primeira etapa e, dessas, foram escolhidas as seguintes para o processo de aceleração: 2Metric, Agência Besouro, BioIn, DigiFarmz, Elysios, Essent Agro, Faba, Insumo Fácil, Palma Sistemas, Polvo Spot, Prosumir e Optim.

"O BRDE Labs está indo muito bem no Rio Grande do Sul, em especial pelo termômetro que tivemos quando participamos da banca para selecionar as startups que serão aceleradas", conta Alexander Leitzke, da GEPLA, que representa o BRDE no Comitê Técnico do programa, acompanhado pelo analista de projetos Daniel de Souza. "O modelo proposto está sendo bem operacionalizado pela Aceleradora e os parceiros dos parques tecnológicos. É literalmente uma integração entre os agentes que promovem o apoio às inovações no Estado", avalia Leitzke.

Quanto ao perfil das empresas selecionadas, mais de 60% têm foco no agronegócio e quatro estão localizadas fora de Porto Alegre (veja lista abaixo). Três das startups são lideradas por CEOs mulheres e 11 já receberam algum tipo de investimento, seja de aceleradora ou fundos.

Aceleração
O processo de aceleração conduzido pela Ventiur, que terá duração de quatro meses (agosto a novembro), prioriza atividades de capacitação e mentorias, além de conexões para a geração de negócios. A programação envolve palestras para transmissão de conhecimento e workshops com exercícios "hands on" para os empreendedores elaborarem seus processos conforme sua realidade. Principais temas: liderança, OKRs, aspectos jurídicos, contabilidade, vendas, marketing, gestão, finanças, RH, pricing, desenvolvimento de produto e captação de recursos.

Durante o processo de aceleração, as startups serão acompanhadas pela aceleradora e mentores indicados pelo BRDE Labs, Ventiur e Aliança para a Inovação. Essa rede de mentores agregará conhecimento, experiência de mercado e, dentro do possível, abrirá portas para as startups através de suas conexões. Também serão conduzidas atividades específicas para apoiar as startups no alinhamento de suas soluções às necessidades do mercado para o pós-crise.

Veja mais notícias sobre EmpreendedorismoTecnologiaRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 03 Dezembro 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection