Sidebar Menu

Banrisul lança programa de aceleração de startups

Banritech quer fomentar inovação na área financeira
Banco já aprovou o aporte de até R$ 20 milhões no fundo de coinvestimento anjo para startups

O Banrisul lançou nesta quarta-feira (21) o hub de inovação BanriTech, seu programa de aceleração de startups. Na ocasião, também foi anunciado o acordo entre o banco e o Tecnopuc para a prestação de serviços de capacitação e consultoria técnica especializada para o desenvolvimento do programa de aceleração de sartups. O programa terá quatro pilares: Hub.Space, Hub.Startup, Hub.Venture e Hub.Education.

O Hub.Space será um espaço colaborativo, com previsão de inauguração para o início de 2021, localizado no Museu da Comunicação Hipólito José da Costa em formato de coworking, que abrigará startups selecionadas. O Hub.Startup promoverá a inovação aberta por meio da cooperação, colaboração e cocriação entre startups, aceleradoras, universidades, centros de pesquisa e parceiros. O programa de aceleração de startups será conduzido pelo Banrisul em parceria com o Tecnopuc. O edital terá a previsão, inicialmente, de 30 vagas para fintechs, com foco em pilares estratégicos, como integração de sistemas, modelagem de agronegócio e de crédito, entre outros. O edital deve ser lançado entre e o fim deste ano e o início de 2021 e oferecerá também oportunidades para startups de fora do Rio Grande do Sul.

O Hub.Venture irá estimular ações que buscam agregar valor e potencializar resultados de startups parceiras por meio de fundos de investimento e/ou mentoria. O Banrisul já aprovou o aporte de até R$ 20 milhões no fundo de coinvestimento anjo para startups inovadoras, o FIP Anjo do BNDES, com recursos voltados às iniciativas no Rio Grande do Sul. O Hub.Education promoverá ações voltadas à cultura de inovação, capacitações, qualificação de processos, produtos e serviços para a geração de novos negócios e que apoiem os objetivos estratégicos do Banrisul.

"Nesse espaço serão incubadas empresas nascentes de base tecnológica com alto potencial de crescimento - as startups - propiciando conexões com universidades, parques tecnológicos, aceleradoras e potenciais investidores", anunciou Cláudio Coutinho, presidente do Banrisul. O secretário estadual de Inovação, Ciência e Tecnologia, Luís Lamb, lembrou que o banco estatal foi a primeira companhia a trazer um computador para o Rio Grande do Sul, ainda em 1963. "O Banrisul já deu origem para várias empresas inovadoras, como a GetNet. Temos certeza que este é um passo muito importante. Serão geradas aqui muitas ações em prol da inovação", comemorou.

"Buscaremos a melhor metodologia de aprendizado para ajudar o Banrisul a fomentar novos negócios e, também, despertar novos talentos entre nossos alunos", prometeu Irmão Evilázio Teixeira, reitor da PUCRS. "O BanriTech envolve uma parceria entre o Banrisul e o Tecnopuc, indo além de fomentar novos negócios, possibilitando também mudança de mindset das equipes de nossas instituições, gerando novas oportunidades de capacitação e desenvolvimento de startups no ecossistema gaúcho de inovação, em especial na área das fintechs", completou Jorge Audy, superintendente de inovação e desenvolvimento da PUCRS.

Veja mais notícias sobre EmpreendedorismoEmpresaRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Novembro 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection