IPCA-15 de novembro sobe para 0,33%

O resultado foi bastante influenciado pela alta no dos alimentos
A alimentação no domicílio subiu 1,06% em novembro, após cinco quedas consecutivas

A prévia da inflação ficou em 0,33% em novembro, 0,12 ponto percentual maior que a de outubro, quando variou 0,21%. O resultado foi bastante influenciado pela alta no grupo Alimentação e bebidas (0,82%), que representou 0,17 ponto percentual do índice geral. No entanto, o maior impacto individual foi registrado pelo subitem passagem aérea que aumentou em 19,03%. O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) foi divulgado pelo IBGE. No ano, o IPCA-15 acumula alta de 4,3%, enquanto o acumulado dos últimos 12 meses é de e 4,84%, abaixo dos 5,05% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em novembro de 2022, a taxa foi de 0,53%. Entre os nove grupos pesquisados, oito registraram alta em novembro. No grupo de alimentação e bebidas, a alimentação no domicílio subiu 1,06% em novembro, após cinco quedas consecutivas. 

Contribuíram para esse resultado as altas da cebola (30,61%), da batata-inglesa (14,01%), do arroz (2,6%), das frutas (2,53%) e das carnes (1,42%). Por outro lado, o feijão-carioca (-4,25%) e o leite longa vida (-1,91%) apresentaram quedas de preços. Outros grupos que se destacaram entre as altas foram as despesas pessoais (0,52%) e transportes (0,18%). O grupo de despesas pessoais foi influenciado pelas altas do pacote turístico (2,04%), da hospedagem (1,27%) e do serviço bancário (0,63%). Já nos transportes, além da passagem aérea, que subiu 19,03% e teve o maior impacto individual no índice do mês, destaca-se também o subitem táxi, com alta de 2,6%. Por outro lado, os combustíveis caíram (-2,11%), com redução os preços do etanol (-2,49%), gasolina (-2,25%) e no gás veicular (-0,57%), enquanto o óleo diesel (1,12%) subiu.

Veja mais notícias sobre EconomiaBrasil.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/