Confiança cai na maioria dos setores industriais

Empresas de todos os portes demonstraram menos confiança em abril
Tanto a avaliação da economia brasileira quanto da própria empresa piorou em abril


Os resultados setoriais do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) mostram queda da confiança em 21 dos 29 setores industriais. Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) mostra que oito desses setores passaram de confiança para falta de confiança: máquinas e equipamentos (49,8 pontos); serviços especializados para a construção (49,8 pontos); impressão e reprodução (49,7 pontos); produtos de material plástico (49,5 pontos); couros e artefatos de couro (49,3 pontos); produtos de borracha (49 pontos); perfumaria, limpeza e higiene pessoal (48,2 pontos); e móveis (47,8 pontos). O índice varia de 0 a 100 pontos. Valores acima de 50 pontos indicam confiança do empresário e valores abaixo de 50 pontos indicam falta de confiança do empresário.

"A piora da confiança é resultado da piora na avaliação das condições correntes dos empresários. Tanto a avaliação da economia brasileira quanto da própria empresa piorou em abril. A sondagem industrial e a sondagem indústria da construção do mesmo mês mostraram a insatisfação com a situação financeira e a dificuldade de acesso ao crédito no primeiro trimestre de 2024, o que pode explicar essa piora da confiança dos setores da indústria", analisa Marcelo Azevedo, gerente de análise econômica da CNI. Apesar da queda ter ocorrido na maior parte dos setores, a maioria (18) segue confiante. Em abril, dois setores apresentaram aumento de confiança e passaram da linha divisória de 50 pontos: biocombustíveis (55,9 pontos) e equipamentos de informática, eletrônicos e ópticos (52,2 pontos). Atualmente, os setores com confiança mais alta são manutenção e reparação (59 pontos), biocombustíveis (55,9 pontos), farmoquímicos e farmacêuticos (55,5 pontos) e veículos automotores (54,2 pontos).

Veja mais notícias sobre EconomiaBrasilIndústria.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 14 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/