Sul recebe 357 mil doses e inicia vacinação emergencial nesta segunda-feira

Bolsa reagiu com otimismo à aprovação temporária da Anvisa e operou em alta no início da sessão
O recebimento das vacinas foi nesta manhã em uma solenidade no aeroporto de Guarulhos

O governo federal destinou 357.822 doses para a região Sul iniciar a primeira fase do plano de imunização contra o coronavírus. O Paraná terá 126.481 doses. Santa Catarina, por sua vez, recebeu 68.580 doses. Já o Rio Grande do Sul terá 162.761 doses. O recebimento das vacinas foi nesta segunda-feira (18) pela manhã em uma solenidade no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. A previsão é que a distribuição das doses da vacina com uso de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB) ocorra até o início da tarde de hoje, e que as primeiras aplicações sejam feitas até o final da tarde. Os primeiros a receber as doses da vacina serão integrantes do grupo prioritário: profissionais da saúde, idosos e indígenas. No domingo (17), os cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovaram o uso emergencial da CoronaVac e da vacina de Oxford contra a Covid-19.

O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Júnior, avalia positivamente a organização que o estado tem para a distribuição e aplicação das doses da vacina. "Estamos alinhados ao Plano Nacional de Imunização e seguiremos as recomendações para os grupos prioritários", afirmou. "O Paraná está preparado para iniciar uma grande campanha de imunização contra o coronavírus. Distribuiremos as doses nas regionais e elas chegarão a todos os municípios. Vamos começar com mais de 100 mil pessoas e aos poucos alcançaremos toda a população prioritária e aquela acima de 18 anos", afirmou o governador. A distribuição das vacinas e será feita com três aviões, um helicóptero e caminhões baú refrigerados, se necessário. O Paraná pretende imunizar aproximadamente 4 milhões de pessoas até o fim de maio.

A vacinação iniciará em Santa Catarina na tarde de hoje, de acordo com o governo do Estado, "Sem dúvida, esse é o momento mais aguardado do último ano. Preparamos nossa rede de saúde para que a distribuição de todas as doses aos municípios aconteça ainda hoje em Santa Catarina", afirmou o governador Carlos Moisés. Tão logo o Estado receba as doses, o governo do Estado dará início à logística de distribuição, que vai acontecer por via terrestre e aérea. Em Santa Catarina, mais de 5,3 milhões de unidades, entre seringas e agulhas, já foram encaminhadas aos municípios. Além disso, no estoque geral da secretaria de saúde, há mais de 7 milhões de itens.

"Vamos receber as doses na tarde desta segunda e iniciar ainda hoje o processo de imunização. Temos uma rede de saúde bem distribuída e toda a rede logística já preparada. Transporte, rede de frio, seringas agulhadas, ou seja, tudo pronto para iniciar esse grande processo de vacinação assim que as doses chegarem à capital gaúcha. E, em 24 horas, as doses estarão em todas as regiões do Estado, para que elas também possam iniciar a aplicação, respeitando as faixas definidas no Plano Nacional de Imunizações (PNI)", anunciou Eduardo Leite, governador do Rio Grande do Sul, quando esteve na solenidade organizada pelo Ministério da Saúde.

O Ibovespa registra alta nesta segunda-feira com os investidores atentos ao início da vacinação no Brasil contra o coronavírus. Por volta de meio-dia o principal índice da B3 avançava 1,7%, aos 122.484 pontos. Pesou também a divulgação do PIB da China, com números melhores do que o esperado em crescimento de 2,3% em 2020, ainda que no menor índice em 44 anos. A alta foi de 6,5% no quarto trimestre frente ao mesmo período do ano anterior.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 17 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/