Sidebar Menu

Sul cria mais de 60 mil postos formais em setembro

Porém, já foram fechadas quase 73 mil vagas na região no ano, em razão do Rio Grande do Sul
Santa Catarina foi o destaque ao conquistar um saldo positivo de 24.827 no mês passado

O Brasil conseguiu, pelo terceiro mês consecutivo, obter saldo positivo de criação de empregos. Em setembro, esse número chegou a 313.564, de acordo com dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia. Este foi o melhor resultado para meses de setembro desde o início da série histórica do Caged, em 2010. 

No acumulado do ano, no entanto, o mercado de trabalho continua sentindo o impacto da pandemia. De janeiro a setembro, foram fechadas 558.597 vagas, o terceiro pior resultado para o período desde o início da série histórica, em 2010. Só perdendo para os nove primeiros meses de 2015 (-657.761 empregos) e 2016 (-683.597).

A região Sul foi responsável por 19,2% da criação de novas vagas em setembro, com saldo de 60.319. Santa Catarina, mais uma vez, puxou a fila ao abrir quase 25 mil novos postos. Porém, no acumulado anual, o resultado ainda é amargo. Nos nove meses até aqui a região dispensou mais de 72 mil trabalhadores com carteira assinada. O número é inflado pelo resultado negativo do Rio Grande do Sul, responsável por eliminar mais de 74 mil vagas. Acompanhe, nas tabelas abaixo, o comportamento de cada estado da região no mês e também no acumulado até setembro.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 24 Novembro 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection