Intenção de consumo das famílias tem melhor resultado desde abril

Indicador de agosto atinge terceira alta seguida
Índice mostra melhora na perspectiva de compras nos próximos meses

A expectativa de consumo dos brasileiros segue em alta no mês de agosto. No terceiro aumento consecutivo, o indicador Intenção de Consumo das Famílias (ICF), apurado mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), cresceu 2,1%, atingindo 70,2 pontos.

O resultado é o melhor desde abril deste ano e ficou 6,1% acima do registrado no mesmo período de 2020. O índice, porém, segue abaixo do nível de satisfação (100 pontos), o que acontece desde 2015.

A CNC destaca que o indicador se mantém em alta por conta de fatores como o aumento da imunização e perspectiva de melhoria econômica. Novamente, todos os subíndices da pesquisa apresentaram resultados positivos no mês, com destaque para o que mede a Perspectiva de Consumo, que cresceu 5,6% na passagem mensal, atingindo 70,7 pontos, melhor resultado desde maio de 2020.

O item foi o de maior crescimento em agosto e revelou melhora na percepção dos brasileiros em relação a compras no segundo semestre. O Nível de Consumo Atual também melhorou (3,7%), alcançando 55,2 pontos, o maior patamar desde março deste ano.

"O percentual de famílias que consideram seu consumo abaixo do que no ano passado atingiu o menor nível desde fevereiro de 2021. O ICF deste mês mostra que a expectativa das famílias brasileiras é que o ambiente econômico mais positivo, percebido no curto prazo, se prolongue para o longo prazo", avalia Catarina Carneiro da Silva, economista responsável pela pesquisa.

Quer saber mais sobre economia?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ.

Veja mais notícias sobre BrasilEconomia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 01 Dezembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/