Sidebar Menu

Construtoras já adaptam projetos para atender busca por mais espaço e sacada

Desejo por apartamentos maiores e espaço gourmet vai do Minha Casa Minha Vida ao alto padrão
Varanda do apartamento decorado Artsy, da A.Yoshii Engenharia, em Curitiba

De Curitiba (PR)

Apartamentos com sacada – ou varanda, como preferem as construtoras – ganharam os corações dos compradores durante a pandemia. Antes exclusivas dos imóveis de alto padrão, as sacadas vêm sendo incorporadas até às plantas do Minha Casa Minha Vida. E a tendência deve ganhar força com os novos hábitos adquiridos durante o período de isolamento social. As famílias tiraram o entulho da sacada, comumente usada como depósito, e fizeram dela seu paraíso de lazer, ou montaram o home office. Segundo levantamento da Imovelweb, empresa com atuação em todo o país, a procura por imóveis com varanda cresceu 128% em maio deste ano, comparado ao mesmo período de 2019. Outro indicativo vem de pesquisa realizada pelo DadoZAP, do Grupo Zap, que também aponta a preferência. A busca por imóveis aumentou 21% desde o início da pandemia no Brasil e 60% dos entrevistados buscam imóveis com vista livre e varandas.

No segmento de alto padrão, o Grupo A.Yoshii, há mais de 55 anos no mercado, também tem observado mudanças nas características dos imóveis procurados. Para o gerente da construtora em Curitiba, Erick Takada, apartamentos com ambientes integrados se mostram indispensáveis na estratégia de negócios das empresas do setor. "A vida dentro de casa será cada vez mais valorizada e, por isso, espaços iluminados e flexíveis serão cada vez mais desejados. Muitos projetos também já incluem coworkings nas áreas comuns dos condomínios, além de ambientes para home office", conta.

O grande aumento nas entregas por delivery e e-commerce também levou o grupo paranaense a fazer mudanças nas portarias dos projetos que serão lançados. Entre elas, a oferta de concierge (portaria) com refrigerador para conservar a comida e espaços maiores para armazenar produtos recebidos.

Popular também tem sacada
As sacadas mais amplas e as varandas com churrasqueira também chamam a atenção das famílias que buscam imóveis de menor valor. O "espaço gourmet" é o novo sonho de consumo do público, inclusive do programa Minha Casa Minha Vida. Quem sai na frente na corrida por essa fatia do mercado imobiliário são as construtoras e incorporadoras que já oferecem sacadas amplas e completas.

"Já há alguns anos, um dos nossos diferenciais nos residenciais são as sacadas, numa época em que não era tão comum os empreendimentos oferecerem esses espaços. Sempre tivemos unidades com varandas, também incluindo a churrasqueira em todos os últimos lançamentos", explica Antonio Lage, CEO da Valor Real Empreendimentos, que atua na Região Metropolitana de Curitiba. A empresa tem imóveis a partir de R$ 171 mil, como o Residencial Monte Carlo, que está em construção em São José dos Pinhais, e que consegue oferecer uma planta com dois dormitórios e sacada com churrasqueira, numa área de 53 metros quadrados.

Lage também percebe no dia a dia uma mudança na expectativa dos clientes em relação às construtoras, com o fim da cultura do micro apartamento. Tendência que dados do site QuintoAndar apontaram nos últimos meses, quando registrou que a busca por imóveis de quatro quartos cresceu 67% contra 4 a 8% pelos de dois, três e um quarto.

MAIS NEGÓCIOS
Morretes volta a receber turistas
O Ministério Público e a Prefeitura de Morretes autorizaram e a cidade reabre neste fim de semana para receber turistas, com várias cautelas de distanciamento social. Os visitantes devem fazer reserva ou compra de passeios e serviços diretamente com o estabelecimento que irão visitar. Em seguida, devem acessar o site para fazer um cadastro e gerar um QR Code, que será apresentado na barreira sanitária. O objetivo da ferramenta, implantada pela Motu Inteligência Digital, é controlar o fluxo no município e fazer rastreamento de contatos, caso necessário. Cerca de 3.770 pessoas poderão visitar a cidade, com acesso restrito a sextas, sábados e domingos, desde que com destino certo e cronograma de visitação definidos. Sem o cadastro e QR Code, o turista não poderá entrar.

Cerca de 50% da população economicamente ativa depende direta ou indiretamente do setor do turismo na cidade, que desde o mês de março, quando as atividades foram suspensas, registrou prejuízo de aproximadamente R$ 8 milhões. O Ekôa Park, uma das atrações turísticas da região, também retoma as atividades com bilheteria on-line, uso obrigatório de máscara e capacidade de visitação reduzida a 50%. O restaurante Oka Gastronomia agora serve a la carte e oferece cestas de piquenique para as famílias aproveitarem o ar livre.

Aplicativo Vina promete taxas menores para delivery
O nome é tipicamente curitibano: Vina, a tradução local para salsicha, nascida da corruptela do termo alemão wienerwurst. O propósito também é: o app se propõe a fortalecer o cenário de alimentação em Curitiba. A plataforma estreou em junho o serviço de pedidos online com taxas menores do que as dos concorrentes. A promoção de chegada é taxa zero para os restaurantes até setembro. Depois disso, será de R$ 1. A iniciativa é dos empresários Juliano Haus e Marcelo Ferri. "Não queremos entrar para a lista de maiores apps de delivery. Queremos formar uma rede de apoio com a qual os empresários do ramo possam contar", diz Juliano. Informações estão disponíveis aqui.

Nano4you lança higienizador preventivo
A fabricante paranaense Nano4you desenvolveu um produto certificado pela Anvisa para higienizar e desinfetar os ambientes, o Higienizador Preventivo, especialmente indicado para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. O diretor científico Fabiano Polak, afirma que o HP não apresenta toxicidade, além de ter PH neutro, não promover corrosão de material nem queimadura de pele. Ele pode ser aplicado em superfícies variadas e também em tecidos e calçados. O produto é encontrado em embalagem pump spray de 500 ml, pronta para uso, e também em outras apresentações para diluição.

Hospital São Vicente tem drive-thru para testar Covid-19
O Hospital São Vicente Curitiba está oferecendo o serviço de drive-thru para teste rápido de sorologia IgG/IgM (pesquisa de anticorpos) de Covid-19. As coletas podem ser realizadas das 10h às 16h, sem precisar sair do veículo. O exame é feito em parceria com o laboratório LCA, o resultado sai em uma hora e custa R$ 160.

App Multi chega ao ParkShoppingBarigüi
O Multi – aplicativo desenvolvido na Multiplan com uma plataforma integrada de venda on-line para as lojas de seus shoppings – chegou ao ParkShoppingBarigüi. Os clientes do PkB podem comprar direto pelo app e receber os pedidos no mesmo dia. A ferramenta está disponível para download na App Store, para iOS; iPhones, e na Google Play, para Android, tablets e outros smartphones. Os clientes podem fazer consultas em tempo real durante suas visitas ou entrar em contato direto com os lojistas que operam pelo sistema drive-thru via WhatsApp para fazer o pedido e agendar a retirada. Pelo app, também será possível pagar estacionamento, acessar todas as novidades e futuras campanhas promocionais, além de pontuar no Programa de Relacionamento do PkB.

Hospital de Clínicas recebe apoio da Megamania
A revitalização de unidades e a aquisição de EPIs, de testes para Covid-19 e insumos em geral estão entre os investimentos feitos pelos Amigos do HC em parceria com a Megamania, para reforçar as condições de atendimento do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná. A Megamania CAP é um título de capitalização, da Modalidade Filantropia Premiável, aprovado pela Susep e emitido pela Invest Capitalização.

Gestão pública digital garante destaque em ranking de transparência
As prefeituras paranaenses que investiram em gestão pública digital foram o destaque do ranking de transparência nos gastos com a Covid-19 divulgado pelo Ministério Público do Paraná. No Portal da Transparência de cada cidade estão as informações sobre quanto foi gasto, quais medicamentos e equipamentos foram adquiridos e quem são os fornecedores. Atualizados em tempo real e de modo automatizado, os dados podem ser acessados por smartphones, computadores ou tablets conectados na Internet, sem a necessidade de instalar software ou criar senhas. Na listagem publicada no último dia 23, dos 30 municípios mais bem colocados, 22 (incluindo Campo Mourão, Cascavel e Nova Santa Rosa, os três primeiros) são municípios que usam tecnologia criada na pandemia pela IPM Sistemas. Criada em Rio do Sul (SC), onde mantém seu Centro Tecnológico, a IPM Sistemas tem sede administrativa em Florianópolis. A empresa se especializou em criar soluções voltadas à gestão pública em nuvem para órgãos públicos municipais e está presente em todo o Sul, além de São Paulo e Minas Gerais.

Veja mais notícias sobre Negócios do SulParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 18 Janeiro 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection