Sidebar Menu

Cinco cinemas drive-in abrem na Grande Curitiba para driblar a falta de lazer

O pioneiro Somos+Curitiba recebeu investimento de R$ 500 mil e a próxima estreia é da tradicional Família Madalosso
Há 20 anos no mercado da noite local, a Live Curitiba inaugurou o Somos+Curitiba, um programa de eventos culturais em espaço aberto

De Curitiba (PR)

Um piadista diria que a febre do cinema drive-in trazida pela pandemia da Covid-19 é o sonho realizado do curitibano médio, recatado e pouco sociável. Afinal, ele pode sair de casa para ir ao cinema e voltar três horas depois sem ter que encontrar conhecidos – embora sempre haja risco no elevador. Mas o investimento nos telões ao ar livre para uma plateia que não sai de dentro do carro nada tem de piada – é coisa séria e já reúne cinco iniciativas em Curitiba e região.

Na quarta-feira (27), o grupo Live Curitiba ganhou a corrida sobre a concorrência e tornou-se pioneiro. Há 20 anos no mercado da noite local, inaugurou o Somos+Curitiba, um programa de eventos culturais em espaço aberto. Duas sessões de cinema com pipoca, pizza e guaraná reuniram a cada vez uma assistência acomodada em 70 automóveis. Na telona de 80 metros quadrados, Jurassic Park e La La Land.

A estrutura montada em 4 mil metros quadrados – capaz de receber 250 veículos, sem as restrições do isolamento social – custou cerca de R$ 500 mil e o projeto veio para ficar, embora a previsão inicial de três meses de atividade. Os ingressos são comprados antecipadamente a R$ 60 e R$ 70, conforme o horário. O local também exibirá lives, shows artísticos e de stand-up comedy, além de reprises de jogos de futebol.

Polenta e pipoca
No próximo dia 3 de junho, uma sessão para convidados marca a estreia do Cine Drive-in Família Madalosso, sobrenome que é sinônimo de empreendedorismo no ramo de alimentação, com suas mega cantinas no bairro curitibano de Santa Felicidade. Na sexta (5) começa a programação para o público, em uma área preparada para receber 95 carros. O cardápio inclui a afamada polenta frita, pipoca doce, refrigerante e água.

O investimento é de cerca de R$ 200 mil e a previsão é de realizar 30 sessões de cinema. O projeto também conta com patrocínio de marcas parceiras – Quem Disse Berenice?, Ademilar, J8, Favretto, Coca-Cola, AG-7, Sicred, Gauden e Lumen – e pretende arrecadar 10 mil toneladas de alimentos para as instituições FAS, Curitiba Solidária e Hospital San Julian, que também receberão a bilheteria integral do drive-in. Passada a quarentena, o espaço deve virar uma arena para outros eventos.

Pedreira e Região Metropolitana
Também em junho deve ser inaugurado o Planeta Drive-in dentro da Pedreira Paulo Leminski, um dos mais importantes espaços de eventos ao ar livre da capital paranaense. Anunciado pela empresa Planeta Brasil Entretenimento, o projeto também prevê mais do que cinema, incluindo shows, palestras e até lives. O investidor promete a maior tela de cinema da cidade, com 162 metros quadrados e resolução 4K. Ainda não há outras informações disponíveis.

O público da Região Metropolitana também está sendo atendido. Em Fazenda Rio Grande, o Shopping Castello abriu nesta sexta (29) seu Cineplus Drive In Castello, capaz de receber 60 veículos, com serviço de pipoca e cardápio especial da Dina Pizza. Até a venda dos itens de bomboniere é feita por aplicativo para garantir as normas de segurança recomendadas pelas autoridades de saúde. Os moradores de Colombo também estrearam nesta sexta o Autocine Show, aberto até para os pets, com vagas demarcadas e controle por QRCode. Não serão comercializadas comidas e bebidas no local e o investidor convidar as famílias a organizarem um piquenique privado.

MAIS NEGÓCIOS

NotreDame Intermédica compra Hospital do Coração
O Grupo NotreDame Intermédica (GNDI) firmou contrato definitivo de compra do Hospital do Coração de Balneário Camboriú, em Santa Catarina. A aquisição faz parte da estratégia de expansão do Grupo NotreDame Intermédica fora do eixo Rio-São Paulo, que começou com a compra em 2019 da operadora de saúde Clinipam, de forte atuação no Sul. Além dos beneficiários da operadora, o hospital continuará atendendo a outros planos de saúde. O Grupo NotreDame Intermédica, maior operadora de saúde do Brasil, prevê sinergias operacionais e administrativas com as operações da Clinipam, que desde 2017 atua em Santa Catarina, com 85 mil beneficiários em nove cidades.

Santa Casa de Colombo vai a leilão on-line em junho
Após impasses, a Santa Casa de Colombo (Irmandade da Santa Casa de Misericórdia Nossa Senhora do Rosário de Colombo) vai a leilão no dia 22 de junho, a partir das 10h, com lance inicial de R$ 8.933.523 milhões. O edital com todos os detalhes pode ser visto neste link e os interessados já podem dar seus lances. De acordo com o leiloeiro responsável pelo pregão, o hospital pode voltar a funcionar progressivamente 30 dias após a venda. O bem está equipado com materiais de escritório e hospitalar. Para participar do leilão, os interessados precisam se cadastrar no site da Kronberg Leilões com pelo menos dois dias de antecedência e anexar os documentos necessários. A Santa Casa de Colombo fica no Centro do município. Fechada desde 2017, os moradores de Colombo precisam ir até Curitiba ou cidades próximas, para conseguir qualquer tipo de atendimento médico. A expectativa é de que quem compre o hospital disponibilize pelo menos 50 leitos de atendimento pelo SUS por no mínimo dez anos. O hospital carrega uma dívida de R$ 6 milhões e o dinheiro arrecadado servirá para pagar todos os credores. Quem arrematar o hospital, receberá o bem sem dívidas e as instalações sem ônus.

Veja mais notícias sobre CoronavírusEconomiaNegócios do SulParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 15 Julho 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection