Sidebar Menu

Região Sul recebe 35 respiradores pulmonares doados pela Klabin

O apoio da empresa em iniciativas de combate ao novo coronavírus já soma cerca de R$ 11 milhões
Claudio Henrique Lopes, gerente de Gente & Gestão Região Sul da Klabin, entrega doações ao prefeito de Lages (SC), Antônio Ceron

A Klabin realizou a compra de respiradores pulmonares que foram entregues para cidades onde mantém operações no Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Os equipamentos foram direcionados para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de hospitais e auxiliarão no tratamento de pacientes infectados. Com essa ação, a companhia já soma cerca de R$ 11 milhões em doações para iniciativas nas áreas de saúde e assistência social e reforça o seu compromisso com atitudes de combate à Covid-19 no Brasil.
O Hospital de Campanha de Telêmaco Borba (PR), desenvolvido nas instalações do Hospital Regional da cidade, recebeu 10 unidades desses respiradores, que permitirão a abertura de mais 10 leitos de UTI que serão adicionados à estrutura do hospital. Também serão disponibilizadas mais de 3 mil máscaras do tipo face shield (protetores faciais), produzidas com o papel da companhia. Para o município de Rio Negro, no sudeste do Paraná, a empresa encaminhou dois respiradores, que foram entregues ao Hospital Bom Jesus, além de enviar materiais que ajudarão a concluir a instalação das redes de ar comprimido e de oxigênio do hospital.

Em Santa Catarina, o município de Lages recebeu 15 respiradores, sendo 13 para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres e dois para o Centro de Triagem do Consórcio Intermunicipal de Saúde. Para Itajaí, foram destinados quatro respiradores, entregues ao Hospital e Maternidade Marieta Konder Bornhausen. Localizado no centro da cidade, o hospital é referência no atendimento de 11 municípios da região. Já em Mafra foram entregues dois respiradores para o Hospital São Vicente de Paulo.

O município de São Leopoldo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, recebeu dois respiradores, encaminhados à Fundação Hospital Centenário de São Leopoldo (FHCSL). Nos últimos meses, a empresa destinou para a cidade itens hospitalares de proteção individual para os profissionais da saúde, além de frascos de álcool em gel e embalagens de papelão ondulado, produzidas pela fábrica que a empresa mantém na cidade.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 29 Setembro 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection