Sidebar Menu

Pampa Sul ajuda a alavancar resultado da Engie no segundo trimestre

Companhia catarinense faturou R$ 2,6 bilhões entre abril e junho
Na esfera comercial, Engie realizou vendas de energia para entrega no período de 2021 a 2025

A Engie Brasil Energia anunciou nesta sexta-feira (31) que obteve receita líquida de R$ 5,2 bilhões no primeiro semestre. O valor é 17% maior do que o alcançado até junho do ano passado. O lucro líquido atingiu a marca de R$ 1,2 bilhão, valor 34,4% maior do que no primeiro semestre de 2019. As vendas no segundo trimestre atingiram R$ 2,6 bilhões, valor 23,4% maior do que o mesmo intervalo do ano passado. Já o lucro líquido foi de R$ 765,8 milhões no trimestre, resultado 98,7% acima do montante apurado em igual período de 2019. "Esse resultado é fruto, sobretudo, dos impactos no Ebitda, além da elevação da receita financeira, motivada pela atualização do ganho da ação judicial citada, da redução da despesa financeira de variação monetária, em razão da menor inflação no trimestre, parcialmente compensados pela elevação dos juros sobre as dívidas da companhia", explica Marcelo Malta, diretor financeiro da Engie (veja os principais indicadores na tabela ao final desta reportagem).

Outra elevação relevante foi na receita do segmento de geração e venda de energia do portfólio, que atingiu R$ 2 bilhões entre os meses de abril e junho deste ano, alta de 6,9% em relação ao mesmo período do ano passado. "Seguimos empenhados e focados na nossa estratégia de longo prazo. As obras nos novos ativos avançaram, lançamos produtos e ainda demos andamento ao processo de aquisição de participação acionária adicional na Tag", avalia Eduardo Sattamini, diretor-presidente da companhia sediada em Florianópolis (SC).

Na esfera comercial, Engie realizou vendas de energia para entrega no período de 2021 a 2025, mantendo o patamar do preço líquido médio de venda em R$ 190/MWh. Já a quantidade de energia vendida no segundo trimestre de 2020 atingiu 8.895 GWh (4.073 MW médios), um aumento de 105 GWh (48 MW médios) entre os períodos comparados (1,2%). O aumento no volume de vendas é resultante do acréscimo de energia após a entrada em operação comercial da Pampa Sul (foto), que vendeu 293 MW médios no trimestre, e por novas contratações parcialmente atenuados por reduções no consumo de consumidores livres ocorridas pela retração econômica provocada pela pandemia da Covid-19.

Veja mais notícias sobre EmpresaSanta Catarina.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 12 Agosto 2020

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection