Sidebar Menu

Tramontina terá armazém automatizado

Projeto da Bertolini é considerado um dos maiores do país
A fábrica da Tramontina TEEC é uma das 10 plantas da grife no Brasil

Com previsão para o início da operação no segundo semestre, a Bertolini e a Cassioli criaram o armazém automático (maquete) da unidade fabril da Tramontina TEEC na cidade de Carlos Barbosa, no Rio Grande do Sul. O empreendimento tem 41 metros de altura, um dos maiores do país, equivalente à altura de um prédio de 13 andares. A fábrica da Tramontina TEEC é uma das 10 plantas da grife no Brasil. Seu armazém passará por um processo de modernização.

"O projeto surgiu após estudo profundo sobre as questões de logística que envolvem um pronto atendimento aos clientes e atende uma importante demanda da empresa, como forma de agilizar a operação. O armazém automatizado permite que o espaço seja melhor aproveitado. Dali, os produtos seguem para lojas e centros de distribuição. Estamos muito satisfeitos com mais essa melhoria em nossos processos e estrutura", conta Riccardo Bianchi, diretor industrial da Tramontina.

O sistema de armazenamento autoportante reduz a necessidade de etapas comuns dentro da construção civil de um armazém convencional. A modernização, que teve o projeto aprovado em 2017, exigiu uma preparação pesada do terreno, além da construção e instalação do sistema de armazenagem criado pela Bertolini. A unidade, que antes precisaria de 10 mil metros quadrados para armazenar seu estoque, terá a mesma quantidade de produtos em 2 mil metros quadrados, gerando assim uma possibilidade de expansão e crescimento da sua linha de produção.

A Tramontina armazenará ali toda sua linha de produtos produzida pela divisão TEEC, ou seja, mais de 7% dos 18 mil itens do portfólio. Em Carlos Barbosa ficarão armazenados produtos como cubas, tanques, pias, fornos, cooktops, coifas e lixeiras, ou seja, itens de médio a grande volume. "O sistema de armazenagem autoportante com transelevador conseguiu maximizar a capacidade de armazenagem na área disponível em aproximadamente três vezes mais que um armazém comum, além de prever um aumento na eficiência de movimentação que será feita de forma 100% automatizada" explica Israel Schimitz, gerente regional de vendas da Bertolini. "O projeto com a maior altura já entregue em 50 anos", comemora Francisco Bertolini, diretor da Bertolini Armazenagem, que faz parte do grupo sediado em Bento Gonçalves.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 18 Abril 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection