Horse investirá R$ 100 milhões no Paraná

Companhia terá uma fábrica de e motores de alta eficiência em São José dos Pinhais
O anúncio foi feito durante um encontro entre o CEO da empresa, Patrice Haettel, com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, em Curitiba

A multinacional Horse vai investir cerca de R$ 100 milhões para a instalação de uma operação de produção de motores de alta eficiência em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (30) durante um encontro entre o CEO da empresa, Patrice Haettel, com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, em Curitiba. O novo motor 1.3 turbo que será produzido no Paraná alia alta potência com o baixo consumo de combustível, o que resulta em menores níveis de emissões de carbono. Ele funcionará no modelo flex, podendo ser abastecido com gasolina ou etanol, além de estar apto a ser utilizado futuramente em modelos híbridos – que podem ser movidos à combustão ou eletricidade. Até então, este modelo era produzido apenas pela unidade da companhia na cidade de Valladolid, na Espanha. A medida garantirá uma produção local de motores que antes precisavam ser importados e que, além de atender o mercado nacional, serão enviados do Estado para a Argentina e Colômbia, com perspectiva de ampliação de mercados internacionais no futuro.

A Horse é focada no desenvolvimento de motores de baixas emissões, híbridos e motores de combustão interna que, combinados com combustíveis sintéticos, oferecem alto desempenho. A empresa conta com cerca de 9 mil funcionários em oito plantas industriais e três centros de pesquisa e desenvolvimento em sete países: Argentina, Brasil, Chile, Espanha, Portugal, Romênia e Turquia. A fábrica da empresa em São José dos Pinhais já foi responsável pelo fornecimento de mais de 5 milhões de motores a combustão para os veículos da marca Renault. Com a cisão, a Horse passou a ter mais autonomia, podendo fornecer equipamentos para outras marcas de automóveis.

Entre a planta industrial e o centro de pesquisa e desenvolvimento, a empresa emprega cerca de 700 profissionais no Paraná. O contingente representa a totalidade dos funcionários que atuam no Brasil e cerca de 64% da força de trabalho da Horse na América do Sul, composta por 1.100 pessoas. De acordo com o diretor de Operações da Horse Brasil, Wesley Palma, a nova linha fabril começa a ser implantada imediatamente, ampliando a estratégia da empresa de alinhamento às demandas da chamada economia verde. "O motor 1.3 turbo é extremamente focado em eficiência energética e na baixa emissão de carbono, além de estar predisposto a uma transição para o modelo híbrido no futuro. O investimento vai ser aplicado na fabricação do motor e de peças que vão servir para futuros projetos da Horse no Brasil", explicou.

Veja mais notícias sobre Negócios do SulEmpresaParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 23 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/