Tecnologia e interesse público

Sun desenvolve o conceito de "responsabilidade corporativa", propondo a sua inserção no direito internacional e doméstico
O aumento e a concentração de poderes de grandes empresas impõem uma reflexão sobre a necessidade de se repensar a assimetria existente entre as diferentes esferas da sociedade no acesso à tecnologia

O evento de lançamento do livro "Technology and the Public Interest" (Cambridge University Press, 2022), de Haochen Sun, organizado pela OIPRC, levantou questões sobre a intersecção entre a tecnologia e o interesse público. Sun, que é professor da Faculdade de Direito da Universidade de Hong Kong, chama atenção para o fato de que a tecnologia deve ser utilizada no interesse público, ideia que surge discretamente da declaração dos direitos humanos, de 1948, e que, em suas palavras, "permanece obscura, adormecida e inefetiva".

O aumento e a concentração de poderes de grandes empresas impõem uma reflexão sobre a necessidade de se repensar a assimetria existente entre as diferentes esferas da sociedade no acesso à tecnologia. Sun desenvolve no livro o conceito de "responsabilidade corporativa", propondo a sua inserção no direito internacional e doméstico, como direito fundamental à tecnologia. Compromisso que exigiria das empresas de tecnologia maior reciprocidade em relação à coletividade e na mitigação das injustiças sociais que muitas vezes decorrem do próprio uso tecnológico.

O evento que contou com a participação de professores da King's College London, University College London (UCL), Roger Brownsword, Sir Robin Jacob, e ciceroneado, por Dev Gangjee, da Universidade de Oxford, não ficou livre do debate, e trouxe posições divergentes, como a que apontou para a rápida resposta da indústria farmacêutica durante a pandemia. O livro oferece uma reflexão imprescindível em um mundo em que a tecnologia é crescente, e a desigualdade e a injustiça social seguem desafiando a humanidade.

Veja mais notícias sobre JustiçaTecnologia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 10 Agosto 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/