Lucro da Irani atinge R$ 68 milhões no segundo trimestre

Taxa de câmbio favoreceu a empresa
A Ásia foi o principal destino das exportações, concentrando 36% da receita do mercado externo

A receita líquida da Irani Papel e Embalagem cresceu 67% em relação ao mesmo período do ano passado, para R$ 403 milhões. A companhia informa que isso foi possível graças à alta do preço dos produtos na divisão de embalagem de papelão ondulado, além da taxa de câmbio favorável para as exportações.

As exportações no período atingiram R$ 62,5 milhões, valor 3,2% inferiores ao segundo trimestre de 2020, representando 16% da receita operacional líquida total. A Ásia foi o principal destino das exportações, concentrando 36% da receita do mercado externo, seguida pela Europa com 25%.

O lucro líquido, entre abril e junho, foi de R$ 68 milhões, um salto de 342% na comparação com o mesmo período de 2020. A produção e venda da divisão de embalagem de papelão ondulado subiu 22% ante um ano antes, para R$ 41 milhões, já as vendas de papel de embalagem recuaram 18%, para R$ 31 milhões. A Irani afirma que a queda foi devido à menor disponibilidade de papéis da companhia para o mercado em meio à maior utilização para o segmento de embalagem de papelão ondulado. Veja os principais indicadores da Irani na tabela a seguir.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 28 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection