Novo balanço contabiliza R$ 4,6 bilhões em prejuízos por enchentes no RS

Mais de 78% dos municípios gaúchos foram afetados por temporais
O total dos prejuízos, calculado pela CNM, foi informado pelos municípios, mas são parciais e estão sendo alterados pelos gestores locais à medida que o nível da água continue a baixar

Acompanhando os desdobramentos dos desastres naturais que atingem o Rio Grande do Sul, a Confederação Nacional de Municípios (CNM) atualizou os dados com informações do cenário atual. O número de vítimas fatais subiu para 90 e já são mais de 78% dos municípios foram atingidos. Das 388 cidades afetadas, 336 tiveram, até o momento, a situação de anormalidade reconhecida pelos governos estadual e federal em estado de calamidade pública. Os prejuízos financeiros superam a estimativa de R$ 4,6 bilhões e já há o registro de 99,8 mil casas danificadas ou destruídas.

O total dos prejuízos foi informado pelos municípios, mas são parciais e estão sendo alterados pelos gestores locais à medida que o nível da água continue a baixar. "Desse valor, R$ 465,8 milhões são no setor público, R$ 756,5 milhões setor privado e a grande maioria dos prejuízos, por enquanto, referem-se ao setor habitacional, com R$ 3,4 bilhões", destaca o levantamento atualizado pela confederação. Até agora, os principais setores privados afetados são a agricultura (R$ 435 milhões em perdas), pecuária (R$ 134,7 milhões em prejuízos), indústria (R$ 92 milhões) e comércios locais (R$ 37,5 milhões). Já entre os principais setores públicos afetados estão danos materiais em instalações públicas como escolas, hospitais, prefeituras (R$ 333,6 milhões em prejuízos), obras de infraestrutura, como pontes, estradas, calçamento e sistemas de drenagens urbanas (perdas de R$ 91,3 milhões) e sistema de transportes (R$ 8,4 milhões).

Veja mais notícias sobre BrasilEconomiaRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sexta, 14 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/