BRDE disponibiliza suspensão por até um ano do pagamento de empréstimos

A prorrogação será analisada de maneira individualizada
Banco também busca novas linhas de crédito para auxiliar empresas afetadas pela catástrofe climática no Rio Grande do Sul

Com o objetivo de atenuar os prejuízos e auxiliar na retomada das empresas atingidas pelo maior desastre climático da história do Rio Grande do Sul, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) está disponibilizando a suspensão por até um ano do pagamento de empréstimos para clientes cujas atividades foram prejudicadas pelas cheias. Ao mesmo tempo que possibilita o congelamento temporário das dívidas com a repactuação de contratos, conhecido como standstill, o banco vem trabalhando para ampliar a oferta de recursos para todas as empresas do estado, especialmente para capital de giro e reconstrução das instalações. Neste sentido, o BRDE está em tratativas com os demais parceiros de funding, tanto instituições nacionais e internacionais, com a finalidade de elevar o limite de crédito. A diretoria do BRDE informa, ainda, que a prorrogação dos prazos de pagamento será analisada de maneira individualizada e, para tanto, a instituição está disponibilizando um único canal de contato a partir do e-mail gearc.rs@brde.com.br.

Veja mais notícias sobre EconomiaBrasilRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 25 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/