A trajetória pioneira da Lojas Renner em sustentabilidade

A companhia é referência em moda responsável e continua avançando na sua estratégia, alinhada ao novo ciclo de compromissos públicos de sustentabilidade assumidos até 2030

Em 2023, a área de sustentabilidade da Lojas Renner completou 10 anos de criação, marco fundamental em sua estratégia de atuar como agente de transformação do setor, a partir da geração de impactos cada vez mais positivos na sociedade e em todo o seu ecossistema de negócios. A jornada de sustentabilidade da companhia já vem de longa data, desde a fundação do Instituto Lojas Renner, gestor do seu investimento social.

Ciclos de compromissos
Depois de atingir as metas ESG dos primeiros compromissos públicos assumidos no período de 2018 a 2021, a companhia lançou no ano passado um novo ciclo estratégico de sustentabilidade até 2030, baseado em três pilares fundamentais: soluções climáticas, circulares e regenerativas; conexões que amplificam; e relações humanas e diversas. São 12 objetivos ainda mais abrangentes e ambiciosos que os anteriores, como a transição para a descarbonização dos negócios da Lojas Renner S.A. com métricas baseadas na ciência aprovadas pela Science Based Targets Initiative (SBTi), para criar as condições de levá-la à neutralidade climática (Net Zero) em 2050.

Além disso, a varejista quer que 100% das roupas de suas marcas próprias sejam mais sustentáveis – hoje, mais de 80% das peças de vestuário já são feitas com matérias-primas ou processos menos impactantes ao meio ambiente. Outro objetivo é a ampliação do impacto das conexões com a rede de parceiros, incluindo a certificação da cadeia de fornecedores através de critérios socioambientais, e a implantação de sistemas de rastreabilidade em 100% dos produtos de algodão. Alinhadas a esta meta, em 2022 e 2023 já foram lançadas as primeiras coleções de jeans femininos rastreados com tecnologia blockchain no Brasil, em parceria com a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa).

Moda responsável
Outro compromisso assumido pela companhia para 2030 é incorporar os princípios da economia circular no desenvolvimento de produtos, matérias-primas, serviços e modelos de negócio, estimulando os clientes a fazerem escolhas cada vez mais conscientes. Em 2018, a Renner lançou o selo Re – Moda Responsável, que identifica para os clientes os produtos feitos com atributos de sustentabilidade, como o uso de matérias-primas menos impactantes (a exemplo do algodão mais sustentável e viscose responsável) e a adoção de processos como menor consumo de água. Além disso, com o programa de logística reversa EcoEstilo, criado em 2011, a varejista coleta e dá destinação correta a mais de 50 toneladas de frascos de perfumaria e roupas em desuso por ano no Brasil.

Mais recentemente, em 2021, a Renner foi novamente pioneira ao inaugurar, de forma inédita no varejo brasileiro, uma loja projetada e construída com base nos conceitos da economia circular (foto). Focado na ecoeficiência e na máxima redução dos impactos ambientais – tanto da construção e operação dos pontos de venda –, o modelo inclui a reutilização e o descarte adequado de materiais no fim da vida útil e a menor geração de resíduos, de emissões de gases de efeito estufa e do consumo de água e energia. Desde então, as inaugurações e reformas da marca já seguem esse modelo.

Reconhecimento internacional
A companhia obteve, pelo segundo ano seguido, a maior pontuação entre todas as varejistas que compõem o Índice de Sustentabilidade Empresarial da B3 (ISE B3), do qual faz parte há nove anos. Ficou ainda em primeiro lugar entre as varejistas de moda do Dow Jones Sustainability Index (DJSI), que integra há oito anos. Esses reconhecimentos são fruto do aperfeiçoamento constante de suas políticas de sustentabilidade e, com isso, a Lojas Renner quer promover mudanças não somente na sua cadeia, mas em todo o varejo de moda, sendo um agente de transformação do setor e ajudando a construir uma moda cada vez mais responsável.

Veja mais notícias sobre Conteúdo Patrocinado.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 22 Junho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/