C.Vale mantém investimentos apesar de quebras por estiagem

Velocidade pode ser reduzida dependendo do impacto da seca
Lang fez balanço do desempenho em encontro com associados da C.Vale

A estiagem que castiga lavouras de soja e milho do Rio Grande do Sul ao Mato Grosso do Sul vai fazer com que a C.Vale aumente a cautela com os investimentos. O presidente da cooperativa, Alfredo Lang, disse que a velocidade dos investimentos pode ser reduzida dependendo do impacto da seca sobre a produção de grãos. "Vamos manter nosso norte, a industrialização, mas não vamos dar o passo maior do que a perna", assegurou.

A C.Vale deu início, em abril, à terraplanagem da área onde será construída aesmagadora de soja, em Palotina. A indústria, orçada em mais de R$ 600 milhões, deverá ficar pronta no segundo semestre de 2023. A cooperativa também vai construir uma unidade produtora de leitões, também em Palotina, visando o fornecimento a integrados que entregarão animais ao novo frigorífico que a Frimesa está construindo em Assis Chateaubriand, no oeste do estado.

Ao falar para 300 lideranças e familiares, Lang revelou que, naquele dia, o faturamento da C.Vale estava em R$ 16 bilhões. Ele fez um balanço do desempenho da cooperativa em 2021 dizendo que foi um ano difícil devido à pandemia, mas citou avanços como a incorporação da cooperativa Cooatol, de Toledo (PR), a compra de uma unidade de recebimento de grãos em Nova Mutum (MT) e o arrendamento de três unidades em Mato Grosso do Sul.

Na área de carnes, a C.Vale, através da empresa Plusval, arrendou o frigorífico Diplomata, de Capanema (PR), com capacidade de abate de 143 mil frangos por dia. Em Umuarama, a Plusval opera um frigorífico que abate 140 mil aves por dia e que deverá ampliar o processamento para 150 mil frangos por dia até maio de 2022.

A C.Vale é a 15ª maior empresa da região e também a sexta maior do Paraná, de acordo com o ranking 500 MAIORES DO SUL, publicado pelo Grupo AMANHÃ com o apoio técnico da PwC. Leia o anuário completo clicando aqui, mediante pequeno cadastro.

Quer saber mais sobre cooperativismo?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ

Veja mais notícias sobre AgronegócioEmpresaNegócios do SulParaná.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 22 Julho 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/