Sidebar Menu

Mercado prevê redução da Selic para 2% ao ano nesta semana

Reunião do Copom está marcada para terça e quarta-feira
Depois desse corte, a expectativa é que não haja novas reduções da Selic neste ano

O mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, seja reduzida de 2,25% para 2% ao ano, na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco central (BC), marcada para esta terça (4) e quarta-feira (5). Depois desse corte, a expectativa é que não haja novas reduções da Selic neste ano. Para o final de 2021, a previsão é que a Selic esteja em 3% ao ano. No ano seguinte, a estimativa é que a taxa chegue a 5% ao ano, e ao final de 2023, a 6% ao ano. Essas expectativas estão no boletim Focus, publicação divulgada semanalmente pelo Banco Central (BC), com estimativas para os principais indicadores econômicos.

A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano é de 5,66%. Essa foi a quinta revisão seguida para a estimativa de recuo do PIB. Na semana passada, a queda estava em 5,77%. Para o próximo ano, a expectativa é de crescimento de 3,5%. Em 2022 e 2023, o mercado financeiro continua a projetar expansão de 2,5% do PIB.

A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial brasileira, passou de 1,67% para 1,63%. Para 2021, a estimativa de inflação permanece em 3%. A previsão para os anos seguintes – 2022 e 2023 – também não teve alterações: 3,50% e 3,25%, respectivamente. A previsão para a cotação do dólar permanece em R$ 5,20, ao final deste ano. Para o fim de 2021, a expectativa é que a moeda norte-americana fique em R$ 5.

Com Agência Brasil 

Veja mais notícias sobre Economia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 18 Janeiro 2021

Imagem do Captcha


Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/

No Internet Connection