Nione apresenta primeiro produto com nanopartículas de nióbio

A primeira parceira da unidade das Empresas Randon foi a Weg Tintas
Testes realizados em laboratório, com o revestimento à base de nióbio, confirmaram o incremento exponencial da resistência contra a ação de agentes corrosivos

A Nione, unidade das Empresas Randon e da Fras-le que atua no desenvolvimento, produção e aplicação de nanotecnologia, apresenta ao mercado seu primeiro produto: uma pré-mistura com nanopartículas de óxido de nióbio, que servirá como base para aplicação em revestimentos protetivos. A adição desse produto ao revestimento possibilita ganhos em resistência à corrosão, durabilidade de cor e brilho, além de permitir secagem ultrarrápida, com ganhos no processo de aplicação. A novidade foi apresentada juntamente com a inauguração da unidade fabril da empresa, localizada na cidade de Içara, região sul de Santa Catarina, na sexta-feira (3).

A primeira parceira da Nione no desenvolvimento deste produto foi a Weg Tintas, que terá como cliente a Fremax, também integrante das Empresas Randon. A Fremax contribuiu lançando o desafio de obter maior proteção contra corrosão de seus componentes, principalmente aqueles destinados aos mercados europeus e norte-americanos. As orientações e especificações técnicas guiaram a criação desta solução que será inicialmente aplicada em discos de freio, conferindo ainda mais qualidade aos itens oferecidos pela empresa, o que reforça a visão de inovação de produto da companhia. Já a companhia do Grupo Weg atuou de forma conjunta no trabalho de pesquisa e desenvolvimento da aplicação de nanopartículas de nióbio em sua nova linha de revestimentos protetivos.

Testes realizados em laboratório, com o revestimento à base de nióbio, confirmaram o incremento exponencial da resistência contra a ação de agentes corrosivos, evidenciando, em alguns casos, ganhos superiores a 400%. "O novo produto com nanopartículas de nióbio propicia ganhos de desempenho técnico, como maior resistência à corrosão, de cor e brilho, além da secagem ultrarrápida. Tais características reduzirão a demanda de energia, permitirão o uso de camadas mais finas com o aumento da vida útil do revestimento que, associadas à uma formulação à base d'água, contribuirão para um processo ainda mais sustentável", explica o diretor da Nione, César Augusto Ferreira.

Nos próximos dias, o novo revestimento protetivo da Weg Tintas com tecnologia nanoestruturada da Nione estará em comercialização. A nova linha de discos de freio da Fremax, com a aplicação desse revestimento, chega ao mercado ao longo de 2022. Ainda, de acordo com Ferreira, o desenvolvimento de soluções com nanopartículas de nióbio não se limita apenas ao uso em revestimentos protetivos. "Seguimos no desenvolvimento de produtos nanoestruturados para as mais diversas aplicações, com destaque para metalurgia, eletroeletrônica e química", elenca o diretor da Nione.

Quer saber mais sobre Pesquisa & Desenvolvimento?
Receba diariamente a newsletter do Grupo AMANHÃ. Faça seu cadastro aqui e, ainda, acesse o acervo de publicações do Grupo AMANHÃ.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Terça, 18 Janeiro 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/