GND Incorporadora investe R$ 50 milhões em empreendimento no Sul

Prédio com mais de 100 unidades será erguido em Porto Alegre
Antes mesmo do lançamento oficial do Ybá Orla Residences, 60% das unidades já estão reservadas

Local que concentra alguns dos principais prédios do Poder Judiciário e de órgãos do governo estadual, a região do polo jurídico e administrativo de Porto Alegre terá uma novidade. A GND Incorporadora lançará, na próxima semana, o Ybá Orla Residences — empreendimento com 104 unidades que ficará na Avenida Borges de Medeiros. O investimento é de R$ 50 milhões. O terreno é considerado raro, segundo o diretor da GND, Giovani Deboni, por ser uma das últimas áreas ainda disponíveis no corredor dos edifícios da avenida. "É uma região muito dinâmica, que se tornou ainda mais viva também nos fins de semana graças à revitalização da Orla do Guaíba. Só que a oferta de terrenos para novas construções é muito pequena. Essa é uma verdadeira joia rara", reforça o executivo.

Antes mesmo do lançamento oficial, 60% das unidades já estão reservadas. Os apartamentos estúdio lideram a procura. Há, ainda, o formato de apartamento com dois dormitórios. Segundo Deboni, houve uma demanda muito grande de compradores do interior. "Mais da metade dos interessados é de fora de Porto Alegre", conta. A entrega da obra será até o final de 2026. A localização central e a proximidade da orla são alguns dos principais atrativos do empreendimento, na avaliação do diretor da GND. Por isso, a proposta é que o prédio esteja bem integrado ao entorno, que recebe um grande número de pessoas. O térreo terá quatro lojas abertas para a rua e haverá integração com uma praça lateral, adotada pela incorporadora. "As chamadas fachadas ativas, com pessoas circulando, ampliam a segurança e a sensação de bem-estar", avalia.

Para aproveitar a vista, o prédio terá áreas comuns no rooftop, com piscina e solário. Espaço gourmet, estar de contemplação e com lareira, redário, espaço relax com vista panorâmica 360° e mobiliário contemporâneo também fazem parte do local, que estará a cerca de 51 metros de altura. A área total da construção é de 7,3 mil metros quadrados. Também há uma preocupação com a sustentabilidade. O Ybá possui Certificação Diamante em Sustentabilidade Ambiental, selo concedido pela Prefeitura de Porto Alegre. Isso porque tem telhado verde, captação da água da chuva, redução do efeito de ilhas de calor e acessibilidade, entre outros fatores. O nome do empreendimento também guarda uma curiosidade. "Ybá" vem do Tupi-Guarani, e significa "o que se colhe da árvore", ou "o fruto". "Ybá é fruto de um novo jeito de viver a orla", sintetiza Deboni.

Veja mais notícias sobre Negócios do SulEmpresaRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Sábado, 25 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/