Fabricante chinesa de automóveis planeja ter filial em Santa Catarina

Além de estabelecer uma unidade para distribuição de veículos, a GWM visa criar uma sede estratégica para a importação de peças automotivas e a montagem local de componentes
O encontro foi mais um espaço para atrair a empresa chinesa para Santa Catarina

Uma reunião entre o governador Jorginho Mello (foto) e representantes da fabricante de automóveis Great Wall Motors (GWM) selou a intenção da companhia chinesa em ter uma filial em Santa Catarina. Além de estabelecer uma unidade para distribuição de veículos, a GWM visa criar uma sede estratégica para a importação de peças automotivas e a montagem local de componentes. Estavam no encontro o diretor de relações institucionais da GWM, Ricardo Bastos, o diretor financeiro da GWM, Wayne Chien, além dos secretários de Estado da Fazenda, Cleverson Siewert, de Ciência Tecnologia e Inovação, Marcelo Fett, e o presidente da SCPar, Renato Lacerda.

A escolha de Santa Catarina como localização para a nova filial se deve à sua infraestrutura robusta, mão de obra qualificada e ambiente favorável aos negócios. A proximidade com portos e aeroportos facilitará o processo de importação de peças, enquanto a presença de empresas do setor automotivo na região abrirá oportunidades para parcerias e colaborações. Além dos benefícios econômicos, a chegada da GWM, que é referência ainda em veículos elétricos, promete fortalecer a cadeia de suprimentos local, gerando empregos diretos e indiretos e promovendo o desenvolvimento tecnológico na área de autopeças. A iniciativa também reforça o compromisso da empresa com a sustentabilidade, incentivando práticas de produção mais eficientes.

"Esse encontro é mais um espaço para atrair a empresa chinesa para Santa Catarina. Ano passado estive com outros colegas do governo no escritório em São Paulo e convidei os diretores para virem conhecer de perto o potencial logístico e de ambiente de negócio do estado", conta Fett. "Sob a liderança do governador Jorginho Mello temos como uma das missões fortalecer o desenvolvimento estadual e gerar oportunidades de emprego e renda para os catarinenses. A vinda da GWM tem muita conexão a nova política de desenvolvimento centrada na descarbonização, transição energética e mobilidade elétrica do governo estadual", complementa.

"A GWM é uma empresa que já tem alguns investimentos no Brasil, mas pensamos numa estratégia de longo prazo. Então vemos Santa Catarina como uma oportunidade muito importante. Viemos agradecer o governador sobre a primeira visita que o secretário Marcelo Fett nos fez ano passado em São Paulo e também conhecer as oportunidades e as facilidades existentes aqui. Santa Catarina hoje é referência na venda de veículos eletrificados no Brasil. É um estado que tem feito movimentos muito importantes. A gente sabe que aqui existem a preocupação ecológica e ambiental, conhecemos a infraestrutura, o setor portuário, que fazem de Santa Catarina um local com oportunidades", destaca o diretor de relações institucionais da GWM, Ricardo Bastos.

Veja também:

 

Comentários: 1

Roberto Monteiro em Terça, 02 Abril 2024 14:05

Como pode um estado tão conservador quanto santa catarina receber estes comunistas e ainda por cima sediar uma filial vermelha??? vocês são hipócritas...

Como pode um estado tão conservador quanto santa catarina receber estes comunistas e ainda por cima sediar uma filial vermelha??? vocês são hipócritas...
Visitante
Segunda, 22 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/