Crédito rural do Banrisul cresce 83% no primeiro semestre

Em relação ao Plano Safra 2022/2023, o resultado também foi recorde, com R$ 9,3 bilhões em concessões de crédito rural
Em sua última coletiva de imprensa como presidente do Banrisul, Cláudio Coutinho celebrou resultados positivos para o banco

Em sua última coletiva de imprensa como presidente do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), Cláudio Coutinho celebrou resultados positivos para o banco antes de passar o bastão para Fernando Lemos, que deve assumir a presidência em breve. No primeiro semestre deste ano, o Banrisul registrou lucro líquido de R$ 439,6 milhões, 12,1% superior em relação ao resultado do mesmo período de 2022. O resultado reflete, especialmente, a elevação da margem financeira, além do crescimento na carteira de crédito e o aumento das receitas de prestação de serviços e tarifas bancárias, além de provisões trabalhistas, fiscais e cíveis levemente inferiores ao semestre anterior.

Para Coutinho, o principal destaque dos números é o crescimento robusto da margem financeira, que cresceu 25% ano contra ano. "É um crescimento muito importante. Se olhar apenas a margem financeira de crédito, ela cresceu 30%. Já dá para ter uma expectativa positiva de que continuará crescendo, ainda mais com cortes da taxa Selic que impactam diretamente nossa margem financeira", avalia. É uma trajetória que reflete, em especial, um crescimento mais expressivo das receitas com juros, sobretudo pelo aumento no volume e reprecificação das operações de crédito. A captação total do banco, de R$ 73 bilhões, também continua robusta, crescendo acima da inflação.

Outro resultado positivo é relacionado à inadimplência, que está sob controle e próxima das mínimas históricas, com 79%. Já o Plano Safra foi recorde, com R$ 11 bilhões destinados para o plano 23/24, um crescimento de 57% em relação ao anterior, e o maior montante da história do banco. "Que, diga-se de passagem, foi amplamente superado pela realidade", complementa Coutinho. Desses valores, R$ 5.8 bilhões vão para a agricultura familiar e pequenos e médios produtores. "A razão desse sucesso em grande parte é nossa estratégia comercial e de crédito. Criamos 11 espaços especializados em atendimento no segmento do agronegócio e temos hoje 77 gerentes exclusivos do agronegócio, além de nossa constante participação em eventos e feiras. Esse atendimento personalizado, o verdadeiro entendimento do agro e a criação de espaços fizeram com que alcancemos esse resultado", analisa. E também é um esforço da área financeira na questão do funding. Afinal, o Banrisul conta com equalização direta do tesouro, com captações de grandes bancos para gerar o funding necessário para continuar crescendo de forma robusta.

Em junho de 2023, a carteira de crédito rural atingiu o saldo de R$ 9,9 bilhões, crescimento de 83,4% em doze meses. "Desde 2019 ele tem surpreendido sempre para cima, superando sempre as melhores expectativas", celebra Coutinho. Em relação ao Plano Safra 2022/2023, o resultado também foi recorde, com R$ 9,3 bilhões em concessões de crédito rural, incremento de 88% em relação ao ano safra anterior. 

Crédito 

A carteira de crédito do Banrisul alcançou, em junho de 2023, o valor de R$ 51,5 bilhões, um aumento de 15,5% em doze meses e um crescimento de R$ 6,9 bilhões na comparação com junho de 2022. Os destaques na ampliação da carteira foram o agronegócio, crédito comercial para pessoa física e financiamento imobiliário. Alinhado ao direcionamento estratégico do Banrisul, o crédito comercial pessoa física alcançou saldo de R$ 25,6 bilhões ao final de junho de 2023, dos quais 77,3% são operações de crédito consignado. Já as operações de crédito comercial pessoa jurídica totalizaram saldo de R$ 8,8 bilhões ao final de junho de 2023, dos quais 78,5% são operações de capital de giro e, dessas, 50,7% contavam com a garantia de fundos garantidores. O Banrisul contava com uma base de 1,3 milhão de cartões de crédito nas bandeiras Mastercard e Visa ao final de junho de 2023. No primeiro semestre do ano, foram realizadas 49,6 milhões de transações, o que possibilitou a movimentação financeira de R$ 4,8 bilhões, respectivamente 11,4% e 15,4% superior ao mesmo período de 2022. As receitas de crédito e de tarifas com cartões de crédito somaram R$ 317 milhões no primeiro semestre de 2023.

Inovação e sustentabilidade 

Os canais digitais do Banrisul responderam por 83,2% das operações realizadas no primeiro semestre de 2023, considerando todos os canais disponíveis (digitais, ATMs, correspondentes, caixas e Banrifone), frente a 81,2% no mesmo período de 2022, registrando 288,2 milhões de acessos neste ano, 10,3% a mais que no primeiro semestre de 2022 - média de 1,6 milhão de acessos diários. O banco ainda investiu R$ 183,1 milhões em segurança da informação, transformação digital e ampliação da infraestrutura de tecnologia da informação no primeiro semestre de 2023. Visando incentivar a transição para uma economia de baixo carbono, o Banrisul também iniciou a transição de pontos de consumo adquirindo energia elétrica de fontes 100% renováveis, iniciativa que representa um marco significativo na jornada da instituição. Ao final de junho de 2023, o edifício-sede do banco, em Porto Alegre; o Data Center Margarete Fenner e 57 agências já eram abastecidos por energia renovável. A previsão é de que a migração ocorra em 100% das instalações do Banrisul até o final do próximo ano.

Veja mais notícias sobre EmpresaNegócios do SulRio Grande do Sul.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 22 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/