Com crescimento de 26%, São Francisco do Sul se consolida como maior porto de SC

O recorde histórico do porto do Norte do estado foi impulsionado pela supersafra de soja e milho
Nos últimos cinco anos, o Porto de São Francisco do Sul aumentou em 30% a participação na movimentação de cargas da região Sul do Brasil

São Francisco do Sul é o porto que mais movimentou carga em Santa Catarina em 2023 (12,4 milhões de toneladas), ultrapassando os terminais portuários privados Portonave (11,5 milhões) e Itapoá (8,3 milhões). Os dados foram divulgados pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) no início de novembro e se referem ao período de janeiro a setembro deste ano. São Francisco também lidera no crescimento do volume de cargas entre os portos catarinenses: aumento de 26% com relação ao mesmo período de 2022, quando movimentou 9,8 milhões de toneladas. Na sequência, seguem Portonave (+21,6%) e Itapoá (+13,3%). O recorde histórico do porto do Norte do Estado foi impulsionado pela supersafra de soja e milho, já que a exportação destes grãos para a China chegou a 7,5 milhões de toneladas em 2023.

"Os investimentos realizados ao longo do ano foram essenciais para o escoamento das cargas, como a abertura de novo acesso para os caminhões e a revitalização dos locais de embarque e desembarque de mercadorias", explica o presidente do Porto, Cleverton Vieira. Ele acrescenta que, nos três primeiros trimestres, as cargas de São Francisco representaram 27% do total movimentado pelos cinco portos do Estado (46,2 milhões de toneladas). "Contamos com uma infraestrutura eficaz e moderna, que nos permite movimentar grandes volumes de cargas de forma segura e ágil", afirma Vieira.

Nos últimos cinco anos, o Porto de São Francisco do Sul aumentou em 30% a participação na movimentação de cargas da Região Sul do Brasil, de acordo com informações da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq). As 12,4 milhões de toneladas que passaram pelo porto catarinense representam 9,2% do total movimentado este ano pelos terminais portuários de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul (135 milhões de toneladas). Em 2019, a participação de São Francisco na Região Sul era de 7,1%. 

Veja mais notícias sobre EmpresaInfraestruturaSanta Catarina.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Segunda, 26 Fevereiro 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://amanha.com.br/